Homicidas são presos quatro horas após o crime em Ribeira do Pombal-BA


Ainda com as roupas sujas de sangue e de posse de motocicletas roubadas, os homicidas Maione Silva Pereira, 22 anos, e Silas Pereira da Silva, de idade ignorada, foram capturados na noite desta segunda-feira (22), no povoado Nova Esperança, em Ribeira do Pombal, por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste), apenas quatro horas depois de assassinarem um rival.

Após atirarem em Fernando Santos de Jesus, no povoado de Feira da Serra, Maione, Silas e um comparsa ainda procurado fugiram. O comandante da CIPE, major Wellington Morais dos Santos explicou que “o crime foi motivado por disputa pelo comércio de drogas ilícitas” e que “Maione e Silas são conhecidos como traficantes na região”.

O delegado Edemir Antônio Luchini Júnior, titular da Delegacia Territorial de Ribeira do Pombal, revelou que os bandidos foram reconhecidos pelos familiares da vítima. “As diligências continuam em busca do foragido”, enfatizou, observando que duas motocicletas roubadas, de placas ESE-2369 e DNP-1373 e utilizadas no crime, foram recuperadas.

“Roupas dos criminosos foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica, para serem periciados”, explicou.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.