Cantor de forró não aceita fim de namoro e mata namorada a facadas


Mais uma mulher foi vítima de violência doméstica e perdeu a vida na sexta-feira (12). Identificada como Daiane Oliveira Mota, a vítima foi morta a facadas pelo ex-namorado Alessandro Souza dos Santos, vocalista da banda de forró Chamego Bom, no distrito de Amado Bahia, no município de Mata de São João, de acordo com informações do Aratu Online.
Segundo a nota, ele não aceitou o fim do relacionamento e após uma discussão, praticou o crime. A SAMU foi acionada, mas a jovem não resistiu aos ferimentos. O artista segue foragido. A jovem tinha 22 anos.
Em contato com o Bahia Notícias, o empresário da banda Chamego Bom informou que o cantor não é o vocalista oficial do grupo e que ele foi contratado apenas para temporada dos festejos do São João neste ano.


Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.