Adolescente é atropelado por avião, não resiste e morre em hospital

O adolescente de 17 anos, de iniciais L.S.P, que foi atropelado por um avião no município de Ipixuna (distante a 1380 quilômetros de Manaus) morreu no hospital da cidade. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (24), pela assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam). Antes de morrer, o rapaz teve um braço e uma perna amputados, além de traumastismo craniano.   

Por meio de nota, a Susam informou que a Prefeitura do Município relatou que, logo após o acidente, providenciou UTI aérea de Cruzeiro do Sul para remover o paciente àquela cidade, que fica mais próximo de Ipixuna. Mas, devido ao quadro de instabilidade, o mesmo não pôde ser removido.  

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) destacou que não recebeu solicitação de remoção pelo Sistema de Transferência de Emergências Reguladas (Sister), responsável pela transferência de pacientes do interior para Manaus. 

Acidente  

Segundo informações de testemunhas, o acidente foi no fim da tarde dessa terça-feira (23). Uma aeronave de pequeno porte iria pousar na pista. No momento da aterrissagem a moto atravessou seu caminho e colidiu com o avião. 

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.