Vereador diz que enfermeiro não fez prova, mas foi pontuado em concurso da Policlínica de Senhor do Bonfim-BA


Durante seu pronunciamento na sessão da Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, na noite desta quinta-feira (06), o vereador Dr. Laércio Júnior exibiu um áudio de um candidato à vaga de enfermeiro, no concurso da Policlínica Regional de Senhor do Bonfim, que obteve pontuação em duas provas, totalizando oito pontos.
O que causou estranheza foi o fato de o mesmo candidato nas redes sociais ter divulgado um áudio onde relata que ele não fez a prova e obteve pontuação. “Meu nome ai, por último ai, eu nem fiz a prova e tive pontuação. Tu já viu um negócio desse ai?”, diz o áudio.
No dia 05, data prevista para a divulgação dos resultados, houve atraso e os mesmos só foram divulgados no início da tarde desta quinta-feira, porém cheio de dúvidas e com essa prova incontestável, fica evidente que há possibilidade de manipulação nos resultados do certame.

O vereador que fez a denúncia disse que estava de viagem marcada para amanhã, mas desistiu para impetrar uma ação no Ministério Público para que sejam apurados outros possíveis erros no referido concurso.

(Com informações do Blog do Netto Maravilha).

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.