Traficante responsável por mais de 50 homicídios é preso no interior da Bahia


O líder de uma quadrilha de traficantes e homicidas, atuante no município de Valença, Anderson Luís dos Santos, o “Da Penha”, e seu comparsa denominado ‘braço direito’, Gilvan dos Santos Paixão, o “Vando”, tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos por policiais da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (5ª Coorpin/Valença), no bairro de Novo Horizonte, na tarde de sexta-feira (10).

De acordo com o coordenador da 5ª Coorpin, delegado Raimundo Neri, a quadrilha liderada por Anderson Luís, além do tráfico de drogas, é responsável por mais de 50 homicídios nas regiões de Valença, Morro de São Paulo, Boipeba e Cairu. “Ele ordenava mortes de rivais de mais duas quadrilhas que rivalizavam com o grupo dele, além de fornecer armas e munições para criminosos da sua facção”, explica.

A dupla foi encaminhada para o sistema prisional. O coordenador da 5ª Coorpin/Valença afirmou que a prisão dos criminosos enfraquece a criminalidade daquele município e adjacências. “Demos um duro golpe no tráfico de drogas e de armas, prendendo o último líder de uma perigosa facção criminosa que atuava nesta região”, pontua.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.