Justiça determina que prefeitura de Sítio do Quinto(BA) volte a descontar contribuições sindicais da folha dos servidores


A Prefeitura volta a recolher as contribuições mensais dos associados.
Sítio do Quinto BA: Sindicato consegue liminar e Prefeitura Municipal é obrigada ao desconto da contribuição sindical dos servidores

Todos sabemos que há uma orquestração para acabaram com os Sindicatos neste País. Muitos de nós devemos grandes conquistas a esses abnegados lutadores que enfrentam chuvas e tempestades em defesa do grupo que representam.

Aproveitando o clima instaurado pelo novo Governo Federal, a Prefeitura Municipal de Sítio do Quinto BA, desde fevereiro 2019, não vem efetuando o desconto da contribuição sindical mensal dos servidores e, via de consequência, não efetiva o devido repasse ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sítio do Quinto – BA (SINSERPUB) e apesar das tentativas amigadas e dialogadas, o Sindicato não obteve êxito e recorreu à justiça, resultando no Processo 800370-23.2019.8.05.0142.

Á sentença saiu dia 15.05, proferida pelo Dr. Paulo Eduardo de Menezes Moreira, da Comarca de Jeremoabo BA concedendo a medida liminar, tal como requerida, e determinando à Prefeitura de Sítio do Quinto - BA que efetue, dos vencimentos dos servidores filiados ao sindicato impetrante, o desconto da parcela referente à contribuição mensal (Contribuição Confederativa), efetuando o imediato repasse ao sindicato, estabelecendo multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais).

Segundo Evando de Santana Santos, presidente do SINSERPUB, um dos mais atuantes da região, “houve uma quebra de promessa de campanha do atual gestor e é claro que também foi reflexo da tentativa atual da Gestão Federal de calar os sindicatos”.
A Prefeitura volta a recolher as contribuições mensais dos associados

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.