Escola em Paripiranga(BA) passa a adotar modelo de ensino da Polícia Militar


Nesta quarta-feira (01), foi inaugurada na cidade de Paripiranga, no Nordeste Baiano, a mais nova unidade de ensino do sistema dos Colégios da Polícia Militar (CPMs) no estado. A Escola Municipal Maria José dos Santos Lima passará a adotar este modelo educacional após a assinatura, em dezembro de 2018, de um termo de cooperação entre a Prefeitura de Paripiranga e a Polícia Militar (PM).
A unidade escolar conta com 312 alunos do ensino fundamental II, ou seja, do 6º ao 9º ano e passou por uma série de ajustes de infraestrutura que atenderam as principais demandas existentes, como pintura completa e reparos nas instalações para proporcionar um melhor ambiente de trabalho aos professores e de aprendizado aos estudantes.
O Sistema de ensino da rede CPM, que prevê a formação cívica e cidadã dos alunos, consiste na capacitação de policiais militares da reserva, contratados pelas prefeituras voluntárias.
Na oportunidade, também foi entregue a reforma das instalações do 4º Pelotão da 21ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).
Estiveram presentes no evento autoridades policiais como o Comandante Geral da PM na Bahia Coronel Anselmo Brandão e o comandante da 21ª CIPM Dequex Araújo Silva e representantes políticos da região a exemplo dos deputados estaduais Fátima Nunes (PT) e Alex da Piatã (PSD), do prefeito de Paripiranga Justino Neto (PV) e de mandatários dos municípios baianos de Sítio do Quinto, Nova Soure e Fátima.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.