Cipó-BA: prefeitos elegem novo presidente do Consórcio CISAN


Na manhã de terça-feira , 7 de maio 2019, na cidade de Cipó, aconteceu reunião que definiu a nova diretoria do CISAN – Consorcio de Infraestrutura  do Semí-Árido Nordeste II, eleita por aclamação: Presidente, Jailma Gama, Prefeita de Banzaê, Vice-Presidente, Paulo Sergio, Prefeito de Adustina,  Secretário, Jair Santos, Prefeito de Sitio do Quinto, Tesoureiro, Ricardo Maia, Prefeito de Ribeira do Pombal. Estiveram presente 9 (nove) em Cipó, os prefeitos dos seguintes municípios: Ribeira do Pombal, Ribeira do Amparo, Banzaê, Cipó, Antas, Adustina, Sítio do Quinto, Fátima e Nova Soure. 

O Consórcio de Infraestrutura interligado a SEINFRA, será responsável pela manutenção e reforma de vias, rodovias e estradas locais do Território. Em seu perfil no Facebook, Jailma  Gama disse que é um novo desafio e aproveitou para agradecer a confiança dos colegas, do governador Rui Costa e do secretário estadual da pasta Marcus Cavalcanti. Com união vamos fazer muito mais pela Infraestrutura de nosso Território, completou. 

O Território de Infraestrutura do Semiárido Nordeste II – BA abrange uma área de 16.056,70 Km² e é composto por 18 municípios: Adustina, Antas, Banzaê, Cícero Dantas, Cipó, Coronel João Sá, Euclides da Cunha, Fátima, Heliópolis, Jeremoabo, Nova Soure, Novo Triunfo, Paripiranga, Pedro Alexandre, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Santa Brígida e Sítio do Quinto. 
Por Joilson Costa, Rádio Pombal FM, e do Banzaê News

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.