Deputado Laerte do Vando e vereadores participam de entrega de cestas básicas em povoado de Sítio do Quinto(BA), atingido por forte chuva

A forte chuva que atingiu o Povoado Jardins, situado no município de Sítio do Quinto (BA), na última quarta (03/04), acabou provocando muitos estragos e prejuízos para a comunidade local. Na tarde desta sexta-feira (05) uma comitiva de autoridades políticas da região estiveram no povoado para participar da entrega de mais de 100 cestas básicas e ouvir os anseios da população do povoado, que teve seu cotidiano modificado com a devastação gerada pela forte chuva.
O Vereador, Rodrigo de Gilson (PDT) explanou a situação do povoado após o desastre ocorrido. “A água invadiu grande parte das casas do local, mais de cinquenta por cento; em muitos casos todos os moveis foram danificados, sem falar na alimentação que foi totalmente perdida”.
De acordo com o parlamentar, a comunidade já havia sofrido perdas em outras duas oportunidades, por conta das fortes chuvas, mas em nenhuma delas, o impacto foi tão negativo. “Durante a visita, que contou com a presença do deputado estadual Laerte do Vando (PSC), fizemos algumas anotações e vamos solicitar à prefeitura e ao governo do estado providências que isso não volte a ocorrer”, disse Rodrigo de Gilson, fazendo alusão à necessidade de uma obra de infraestrutura que altere o curso da água decorrente da chuva, ou mesmo à realocação das casas que vem sendo atingidas, para uma parte mais alta do povoado, onde estariam livres das enxurradas.
Além do vereador Rodrigo de Gilson e do Deputado Estadual Laerte do Vando, estiveram presentes no ato de entrega das cestas básicas os vereadores Bado, Abelardo Junior(PSL), presidente da Câmara Municipal de Cícero Dantas (BA), Ni do Planalto, o Câmara Municipal de Sítio do Quinto, acompanhado do líder comunitário do povoado Tinguí, Liu de Jaconias, da ex-candidata a prefeita Ednalva e outros.
As cestas básicas com alimentos variados e não-perecíveis foi feita tanto pelos parlamentares como por moradores de outras localidades, interessadas em amenizar o sofrimento da população do Povoado Jardim há 25 km de Sítio do Quinto.
Segundo informações apuradas pela redação do Portal Carlino Souza, as pessoas perderam móveis, muitas ainda estão sem alimentos. Inúmeras campanhas já foram abertas, em Sitio do Quinto e cidades vizinhas para socorro imediato à população de 50 (cinquenta) famílias que vivem no local. Eventos e campanhas solidárias estão sendo programados em toda região. Espera-se que até sábado(06/04) pessoas de toda região possam enviar suas contribuições.
A prefeitura de Sítio do Quinto, decretou situação de emergência nesta quinta-feira(04/04) diante dos danos causados pelas chuvas intensas.  Em rede social, o Deputado Estadual Laerte do Vando, fez apelos as pessoas que moram próximo ao município, e orientou que procurem a prefeitura local e façam a doação de cobertores, roupas e alimentos. "Fiz minha parte como ser humano e, na condição de parlamentar, anotei as demandas para fazer os encaminhamentos. Vamos ajudar a amenizar a dor dos moradores de Sítio do Quinto e Filadélfia, que também enfrenta a mesma situação". disse o deputado em sua rede social.
  
                                                DA REDAÇÃO PORTAL CARLINO SOUZA.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.