Presos suspeitos de tentar matar fisioterapeuta com 69 facadas na Bahia

Investigadores da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), de Periperi, prenderam, na tarde desta quinta-feira (14), Alex Pereira dos Santos, de 26 anos, em Simões Filho. Ele é o último envolvido na tentativa de feminicídio da fisioterapeuta Isabela Oliveira Conde, 36 anos. Ela recebeu 69 facadas no dia 28 de fevereiro, deste ano. Alex teve mandado cumprido em Simões Filho.

O comparsa dele, Adriano Santos foi preso, na manhã de hoje (14), no bairro de Brotas. A prisão temporária da dupla foi solicitada pela titular da especializada, delegada Simone Moutinho, após serem identificados como os homens contratados por Fábio Barbosa Vieira para atacar sua namorada.

O crime

De acordo com as investigações realizadas pela Deam/Periperi, Fábio contratou a dupla para matar sua namorada após perceber que ela terminaria o relacionamento com ele. “A vítima foi atacada no próprio carro, com mais de 60 golpes de faca, mas resistiu e foi socorrida para o Hospital do Subúrbio”, explicou a delegada Simone Moutinho.

O mandante do crime foi preso em flagrante no mesmo dia e permanece no sistema prisional. Ele também irá responder por tentativa de feminicídio.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.