PM prende comerciante suspeito de planejar envenenar PMs em Coronel João Sá-BA

Um comerciante identificado como José Adailton dos Santos, de 45 anos, foi conduzido a delegacia de polícia civil por ameaça na segunda-feira (25), por volta do meio-dia, na cidade de Coronel João Sá- BA, após denúncia de um ex-funcionário.  

Segundo a Polícia Militar, o suspeito pretendia envenenar PMs e GMs no entanto, o plano foi frustrado depois do ex-funcionário denunciar o homem para a polícia.
Ainda de acordo com a polícia, um homem identificado por Agnaldo Santa Fé, procurou uma guarnição da PM para denunciar seu ex-patrão. Ele contou aos policiais que trabalhava como entregador de água e gás para o Adailton da padaria. O funcionário teria sido demitido no sábado (23), após recusar uma proposta do ex-chefe, que planejava envenenar os PMs. Segundo o delegado de polícia, Adailton teria motivos para o plano após ficar indignado com a prisão de seu filho, há alguns meses atrás. O jovem teria sido preso por desacato e desordem. O jovem não teve identidade revelada.
O homem explicou que o ex-patrão propôs que quando ele fosse entregar água no posto policial e no posto da Guarda Municipal era pra colocar veneno dentro do galão. Ele não aceitou e disse ainda que havia uma testemunha do fato.
Após a denúncia a guarnição fez diligências e localizou o suspeito e a testemunha que confirmou o fato.
Diante do exposto todos os envolvidos foram encaminhados para a delegacia de polícia da cidade para as medidas legais cabíveis, sendo lavrado um TCO por ameaça em desfavor do comerciante. A redação do Portal Carlino Souza, o delegado Dr. Cícero Gomes, explicou que o comerciante foi detido e liberado após prestar depoimento. "As investigações continuarão", disse o delegado.


Comunicante: Agnaldo Sata Fé, natural de Cel João Sá, nascido na data de 12/09/1980, RG 53.980.493-9/SSP/SP, Residente no assentamento Rompe Gibão.

Testemunha: Luciano Silva Lima, natural Frei Paulo Se, nascido na data de 12/05/1979, 
RG 373.68206/SSP/SE, Residente na rua Espírito Santo, s/n.

Acusado: José Adailton dos Santos, natural de Cel João Sá, nascido na data 10/04/1974, RG 12.546.882-26.

Tipificação: Ameaça ( TCO).
N/O: 0073/2019
Delegado: Cícero Gomes.
Agente: Márcio André.
DA REDAÇÃO, PORTAL CARLINO SOUZA. O PRIMEIRO. SEMPRE!

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.