Policlínica Regional de Saúde em Paulo Afonso(BA) contratará profissionais com salários de até R$ 10 mil

A partir de hoje(1º), os profissionais interessados em trabalhar na Policlínica Regional de Saúde em Paulo Afonso podem se inscrever no processo seletivo da Fundação de Apoio a Educação e Desenvolvimento Tecnológico (Fundação Cefet Bahia). São vagas para as funções de médico, enfermeiro, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessor técnico, assistente social, técnico em enfermagem, técnico em radiologia e assistente administrativo.

A policlínica será inaugurada no primeiro semestre e os funcionários serão contratados em regime CLT pelo Consórcio Interfederativo de Saúde.

O edital estará disponível no site www.fundacaocefetbahia.org.br e as inscrições ficam abertas até 10 de março de 2019.

O Governo do Estado está investindo R$ 22 milhões na construção e aquisição de equipamentos, mobiliário e micro-ônibus para o transporte de pacientes que moram nos outros municípios integrantes do consórcio público de saúde. Atualmente, oito policlínicas estão em funcionamento nas cidades de Teixeira de Freitas, Irecê, Guanambi, Jequié, Feira de Santana, Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus e Valença, sendo referência para aproximadamente 4 milhões de baianos. Dez policlínicas estão em construção nos municípios de Simões Filho, Salvador, Itabuna, Vitória da Conquista, Jacobina, Juazeiro, Paulo Afonso, Barreiras, Senhor do Bonfim e São Francisco do Conde.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.