Confusão Generalizada termina com acidente, feridos, tiros, e oito conduzidos para a Delegacia, em Ribeira do Pombal-BA

Na noite do último sábado, 09, uma confusão generalizada mobilizou todas as forças de segurança de Ribeira do Pombal-BA. De acordo com informações, a briga (vias de fato) teria iniciado na Av. Tiradentes, bairro Caburé, e que um dos agredidos ao tentar deixar o local a bordo de seu próprio veículo, um GM Corsa Classic, demais dados não informados, perdeu o controle da direção, chocando o carro contra um muro de uma residência situada na Rua Antônio Rodrigues Pereira.
Mesmo após o acidente, o tumulto teimava em permanecer, até o momento em que o Delegado da Polícia Civil da cidade, Dr. Edemir Luchini que passava pelo local, ao perceber do que se tratava, efetuou alguns disparos de arma de fogo para cima, com o objetivo de evitar o mal maior, fazendo com que os envolvidos na confusão cessassem àquela prática. Outros disparos de arma de fogo, também foram escutados, oriundos de outras ruas daquela localidade, porém até o fechamento desta matéria, não houve relatos de possíveis baleados.
Foi solicitado o apoio de outras forças de segurança do município, como 2º Pelotão da Polícia Militar, Cipe Nordeste, e Guarda Civil Municipal, que reforçaram a segurança do referido local. A vítima das agressões e do acidente, foi identificada pelo prenome Adriano, sendo encontrada bastante ensanguentada, sendo esta conduzida até a Emergência do Hospital Geral Santa Tereza, onde foi medicada e submetida a exames.
No local, foram realizadas buscas com a finalidade de identificar os causadores do tumulto. Oito pessoas foram conduzidas para a Delegacia, entre elas, dois menores de idade, e uma mulher, sendo todos liberados após terem sido ouvidos. Nenhum dos envolvidos teve a identidade revelada.
Na manhã deste domingo, 10, após boatos de que o Delegado teria sido alvejado pelos disparos de arma de fogo, Dr. Edemir Luchini publicou uma nota em redes sociais, desmentindo o fato, ao mesmo tempo em que tranquilizou toda a sociedade. Segue a nota na íntegra:
Situação Caburé
Nobres colegas, amigos e toda população de Ribeira do Pombal, com relação a situação de sábado, 9 de fevereiro 2019, à noite no Bairro Caburé, quero informar que estou bem e que os disparos não foram efetuados em meu desfavor, acontecia ali naquele local possivelmente uma tentativa de homicídio, que foi evitada a tempo com a minha chegada.
Neste contexto, foram efetuados alguns disparos a contento de cessar a injusta agressão a vítima, o que também foram ouvidos alguns disparos vindos de pequenas ruelas aos redores. 
Ao tempo, foi solicitado apoio às demais forças policiais que de pronto fizeram-se presentes, prestando socorro à vítima. Ato contínuo, foram realizadas algumas abordagens a fim de identificar os possíveis autores e foram conduzidos à Delegacia de Polícia 08 (oito) pessoas suspeitas, todos foram ouvidos e liberados logo em seguida.
Ademais, a vítima ainda será ouvida a fim de esclarecer toda situação fática, não sendo possível até então pelo fato da mesma estar hospitalizada.
DPC – Edemir Luchini

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.