Bahia bate o Vitória da Conquista e assume a liderança do campeonato baiano

O Bahia é o novo líder do Campeonato Baiano 2019. Depois de vencer o Vitória da Conquista por 3 a 1, fora de casa, o tricolor foi beneficiado pelo tropeço do estão líder Bahia dde Feira, que perder para o Atlético de Alagoinhas também por 3 a 1.
O Bahia foi a 11 pontos, com saldo de 9 gols. A segunda colocação do Campeonato Baiano é do Vitória, que joga ainda pela sexta rodada no próximo domingo (24), contra a Juazeirense, e pode tornar-se líder com um empate, já que também está com 11 pontos e saldo de 6 gols. O Bahia de Feira caiu para o terceiro lugar, com 11 pontos e saldo de 4 gols.
O G4 do Baianão 2019 é completado pelo Fluminense, com 9 pontos, após ter arrancado um empate contra o Jequié, por 1 a 1, no Estádio Waldomiro Borges. Marcelinho fez 1 a 0 para o Jequié, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Bambam empatou para o Touro do sertão, aos 46 minutos do segundo tempo.
Em casa, no Estádio José Rocha, o Jacobina derrotou o Jacuipense, por 3 a 2. Matheus Souza e Jeam (2) fizeram os gols do Jegue da Chapada, enquanto Marcelo Nicácio marcou os gols da equipe visitante.
No Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas, o Bahia de Feira perdeu o atacante Deon, expulso, aos 5 minutos de bola rolando. Mesmo assim, o Tremendão fez 1 a 0 com Ebinho. Mas o Carcará reagiu e virou o jogo com gols de Bremer, Alessandro Azevedo e João Neto, artilheiro isolado do Baianão 2019, com 6 gols.
Temporal no Estádio – E antes da bola rolar em Vitória da Conquista, um intenso temporal caiu na cidade, causando pânico no Estádio Lomanto Júnior, mas a brigada do Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar agiram com presteza, evitando qualquer ocorrência mais grave com os torcedores.
A drenagem do Lomantão funcionou com perfeição e, após a vistoria do gramado pelo árbitro Bruno Vasconcelos, o jogo pôde começar às 17h20. E o Bahia abriu o placar aos 20 minutos, com Iago.
No segundo tempo, aos 10 minutos, Paulinho cobrou escanteio e Nilton cabeceou para fazer 2 a 0. E, aos 23, Nilton cruzou da direita, Caíque cabeceou e a bola sobrou para Fernando acertar o travessão. A bola bateu nas costas de Sílvio e entrou: 3 a 0 para o Bahia.
Aos 29 minutos, Tatu cruzou da direita, Le Petit cabeceou a bola, que bateu em Ernando e sobrou para Patuta marcar o gol de honra do Vitória da Conquista.
Os jogadores do Bahia atuaram com os nomes dos campeões brasileiros de 1988, em homenagem ao título nacional, que nesta terça-feira (19) comemora 30 anos de sua conquista.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.