Dupla é presa durante esquema de roubo de caminhão em Ribeira do Pombal-BA

Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste) interceptaram, na entrada do município de Ribeira do Pombal, um caminhão tanque roubado, de placa PKM-2799, carregado com gasolina, na manhã deste sábado (19). Dentro do veículo, os PMs encontraram instalado um bloqueador de sinal de satélite, conhecido como 'Chupa Cabra'.

Na abordagem, o condutor do caminhão, Gleison Junior de Jesus foi preso em flagrante e explicou aos policiais que num posto de combustíveis, na BR 116, logo após a cidade de Ribeira do Pombal, ele trocaria o aparelho. “Seguimos para o local indicado por ele e lá prendemos também José Moises Santos de Almeida, que estava com outro bloqueador para ser instalado no caminhão”, explicou o comandante da CIPE/Nordeste, major Wellington Morais dos Santos.

Ainda de acordo com o oficial, Gleison e José explicaram que trocariam o aparelho para em seguida continuarem a viagem até o município de Itabaiana, em Sergipe. “Imediatamente deslocamos para a referida cidade, com apoio da polícia sergipana e lá encontramos um galpão com diversas peças de veículos roubados e mais um caminhão”, disse o major.

Todo material ilícito apreendido encontrado em solo sergipano foi apresentado na Delegacia Regional de Itabaiana, enquanto que José Moises Santos de Almeida e Gleison Junior de Jesus, juntamente com o caminhão tanque recuperado na Bahia, foram apresentados na Delegacia Territorial de Ribeira do Pombal.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.