Cícero Dantas-BA: Padre emite nota de repúdio contra o prefeito Ricardo Almeida

Durante várias décadas o cartão postal da cidade de Cícero Dantas tem sido a Igreja Matriz e toda a história que circunda as construções que rodeiam o nosso Templo, uma delas é o prédio onde está instalada atualmente a Rádio Regional. Tal edifício já foi residência do então Barão de Jeremoabo, Cícero Dantas Martins, no qual leva a nome da nossa Cidade e onde também, em seu entorno, aconteceram vários eventos históricos importantes para a nossa população. 

Porém, nos últimos dias a nossa comunidade esta presenciando a reforma da Praça que fica ao lado da Matriz. Ao testemunhar o início das obras nota-se que algumas construções, como por exemplo os quiosques, dificultarão a visualização de um prédio de suma importância para a história de nossa população e, consequentemente tirará toda a beleza que reside naquele local. 

Entretanto, nós repudiamos e não concordamos com qualquer tipo de modalidade que venha a interferir na não valorização do patrimônio histórico da nossa cidade e que tire a harmonia de tais contextos. Ao mesmo tempo que estamos abertos para possíveis diálogos sobre a revisão do projeto da reforma e ampliação da praça. 

Por Padre Evanilson de Mendonça, Paroquia de Nossa Senhora do Bom Conselho

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.