Bolsonaro tem 28%, seguido por Haddad com 22%, aponta Datafolha

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada hoje pelo Jornal Nacional, apontou Jair Bolsonaro (PSL) estável com 28% das intenções de voto, na comparação com o levantamento anterior. Fernando Haddad (PT) subiu seis pontos e se isolou no segundo lugar com 22%. Ciro Gomes oscilou dois pontos para baixo, ficando agora com 11% e está tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou um ponto para cima, atingindo 10%, enquanto Marina Silva (Rede) oscilou dois pontos para baixo, figurando agora com 5%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para cima ou para baixo.
A taxa de rejeição de Bolsonaro subiu de 43% para 46%, enquanto a de Haddad avançou de 29% para 32%, em relação à pesquisa anterior (20/9). A rejeição de Ciro oscilou de 22% para 21%. Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro perde para Alckmin (45% x 38%), para Ciro (48% x 38%) e para Haddad (45% x 39%). Ciro ganharia de Haddad por  um placar de 41% a 35%. A pesquisa ouviu 9  mil pessoas em 343 municípios, entre os dias 26 e 28 deste mês.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.