Rui Costa é acusado de ‘comprar’ prefeitos por até R$ 8 milhões


O governador Rui Costa (PT) disse que irá processar o deputado federal e pré-candidato ao governo da Bahia, João Gualberto (PSDB) após o tucano dizer, em entrevista, que prefeitos têm recebido ligações de aliados governistas com a proposta de R$8 milhões em obras em troca de apoio

"Eu vou processá-lo. Mentir e caluniar é crime. Se eu tivesse R$8 milhões, estaria com as finanças boas. Nem se fosse um valor menor, eu teria condições de oferecer. Os que vieram antes confiavam no nosso jeito de governar. E os que vieram agora foram guiados por suas lideranças”, disse o petista na manhã desta segunda-feira (23), durante a assinatura da ordem de serviço para uma obra de contenção de encosta no Alto do Peru.

O gestor disse ainda que, após a desistência do prefeito ACM Neto (DEM) de concorrer ao governo do estado, ele recebeu o apoio de 30 a 40 prefeitos. "São muitos que vieram. A oposição tinha 120 prefeitos, se eu fosse chutar. Antes do anúncio tínhamos recebido 50 prefeitos. Agora, mais 30, 40 prefeitos", acrescentou.

Ainda segundo Gualberto, ele já sabia desde janeiro de 2017 que ACM Neto não seria candidato ao governo do Estado. 

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.