Bahia derrota Vitória novamente e é campeão estadual

Na segunda partida da decisão do Campeonato Baiano, o Vitória recebeu o Bahia, no Barradão, e foi derrotado por 1 a 0. Assim, o time da casa derrota o maior rival novamente e se sagra campeão da competição. A primeira partida acabou 2 a 1 para o Tricolor de Aço.
A equipe de Guto Ferreira dominou grande parte do jogo e impediu o terceiro estadual seguido da equipe de Vagner Mancini. O Vitória venceu os campeonatos de 2016 e 2017.
A próxima partida do Bahia será nesta quarta-feira pela Copa Sul-Americana contra o Blooming, no Estádio Ramon Tahuichi Aguilera, na Bolívia, às 21h45 (de Brasília). Já o Vitória visita o Internacional pela Copa do Brasil, também nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Beira-Rio.
O jogo – A primeira boa chance do Vitória surgiu aos 10 minutos da primeira etapa, com Juninho. Neílton tocou para o meia, a zaga não conseguiu cortar e ele avançou em direção ao gol. Cara a cara com Douglas, chutou em cima do goleiro.
No minutos seguinte, o Leão da Barra teve mais uma chance de gol. Neilton cruzou e Nickson, de primeira, chutou e Douglas fez grande defesa. A bola ainda sobrou com Neilton, que bateu e o goleiro fez outra grande defesa. A bola para nos pés de Nickson, que outra vez não consegue marcar.
A primeira grande chance do Bahia só apareceu aos 46 minutos do primeiro tempo, com Zé Rafael. Marco Antônio cruzou, Edigar Junio não conseguiu cabecear, mas rolou para trás. O meia bateu forte e o goleiro Fernando Miguel fez ótima defesa.
O Tricolor de Aço abriu ao placar logo no início da etapa final, aos dois minutos, com Elton. Depois de tabelar com Marco Antônio, Zé Rafael chutou para o gol. Fernando Miguel fez excelente defesa, mas no rebote o meia cabeceou para o gol vazio.
Aos 19 minutos do segundo tempo, Zé Rafael quase ampliou o marcador para o Bahia. O meia bateu colocado da entrada da área e a bola passou muito próximo ao travessão.
O Vitória quase empatou aos 26 minutos da etapa final, com Jonatas Belusso. O atacante correu em direção a grande área, driblou o zagueiro Douglas Grolli e bateu para o gol. O goleiro Douglas fez outra grande defesa.
Dez minutos depois, Jonatas Belusso teve mais uma oportunidade de igualar o marcador. Depois de ser lançado, o atacante conseguiu se antecipar ao zagueiro Douglas Grolli e chutou. Mas Douglas fez mais uma boa defesa.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.