Ex-prefeito de Antas(BA) tem contas 2016 aprovadas com ressalvas pelo TCM

O Tribunal de Contas dos Municípios, na terça-feira (20/02), concedeu provimento parcial ao pedido de reconsideração referente às contas do ex-prefeito de Antas, Wanderlei dos Santos Santana, relativas ao exercício de 2016, para emitir novo parecer prévio, desta vez recomendando aprovação com ressalvas das contas. O relator, conselheiro substituto Ronaldo Nascimento de Sant’Anna, também reduziu a multa aplicada de R$6 mil para R$3 mil e determinou a exclusão do ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$200.992,20, em razão da apresentação dos processos de pagamentos pendentes.

O gestor aproveitou o recurso para encaminhar nova documentação ao TCM, sanando a irregularidade relativa aos processos de pagamentos de nºs 3538, 4331, 4370, 4476, 4620, 4653 e 4694 e ao processo licitatório PP 016-2016, não encaminhados anteriormente à Inspetoria Regional de Controle Externo. Em relação ao não pagamento de multas imputadas em processos anteriores, o prefeito encaminhou para exame e verificação da sua autenticidade dois comprovantes. O Ministério Público de Contas, através de parecer do procurador Guilherme Costa Macedo, adotou entendimento semelhante ao do relator e pugnou pelo provimento parcial do presente recurso.  

Do site TCM Bahia.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.