Encapuzados matam cigano e ferem outros dois em Pé de Serra-BA


Um grupo armado matou um cigano de 39 anos e feriu outras duas pessoas por volta das 10h30 desta segunda-feira (13), em Pé de Serra, município da região sisaleira, a 95 km de Serrinha. O crime foi na Rua Adelaide Souza, no bairro Dos Ciganos.

Segundo informações colhidas pelo repórter Renny Maia, da Rádio Continental AM, cerca de quatro criminosos se aproximaram em um carro branco de uma residência, apontaram as armas na direção das vítimas que conversavam na frente do imóvel e atiraram várias vezes.

O cigano Antônio Fábio Oliveira, conhecido como “Huck Cigano”, morreu no local. Índia de Almeida, idade não revelada, e o filho dela, Yure Almeida, também foram atingidos pelos disparos. Mãe e filho foram socorridos no Hospital Municipal Isadora Alencar e, posteriormente, transferidos para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA) em Feira de Santana. O estado de saúde deles não foi divulgado.

"Três ou quatro indivíduos encapuzados desembarcaram de um veículo de cor branca - podendo ser um Fiat Punto ou Toyota Corola – e efetuaram os disparos”, informou um policial. Após o crime, o grupo fugiu tomando rumo ignorado. Como os criminosos não entraram na residência, a polícia descarta a hipótese de assalto.

A motivação e a autoria do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O corpo do cigano foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.