Prefeitura de Santaluz(BA) abre concurso com salários de até R$ 12 mil


A prefeitura de Santaluz, na região do Sisal, anunciou a abertura de inscrições para concurso público, que vai contratar 134 profissionais de todos os níveis de escolaridade. Para se inscrever, os interessados devem realizar o procedimento disponível no site do órgão a partir do dia 2 de maio e efetuar o pagamento da taxa, que varia entre R$ 25 e R$ 50. O prazo de inscrição se encerra no dia 12 deste mês. Os contratados vão atuar em jornadas de 10 a 40 horas semanais, com direito a remuneração de até R$ 12 mil. O processo seletivo será formado por análise de experiência profissional na área através de currículo, entrevista e prova de títulos. A validade para convocação é de um ano a partir da data de homologação, que pode ser renovada pelo mesmo período.

Há vagas para Entrevistador CADÚNICO, Assistente Social I/II, Psicólogo, Técnico de Nível Médio, Psicólogo, Educador Social, Facilitador de Oficinas (1 vaga por habilidade: Teatro, Dança, Música, Capoeira e Artesanato), Orientador Social, Educador Físico, Enfermeiro, Técnico em Enfermagem, Terapeuta Ocupacional, Médico (Clínico Geral, Psiquiatra, Ginecologista/Obstetra, Oftalmologista, Ortopedista, Otorrinolaringologista, Pediatra, Neurologista e Ultrassonografista), Farmacêutico, Técnico em Farmácia, Enfermeiro Obstetra, Fisioterapeuta, Nutricionista, Odontólogo, Operador de Sistemas, Auxiliar de Consultório Odontológico e Técnico em Nutrição.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.