Jovem suspeito de matar e atear fogo na namorada é preso pela PM em Jeremoabo-BA

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (02), Raul Dias Reis, de 22 anos, na área rural de Jeremoabo-BA, o principal suspeito de ter matado a jovem Izabelly Oliveira Bispo Souza, 27 anos, encontrada morta nesta segunda-feira, dia 1º, dentro de casa.

Izabelly estava com parte do corpo parcialmente queimado e com hematomas na cabeça. No local do crime fora encontrado também uma moto incinerada.

A polícia, depois de ouvir testemunhas começou a procura do suspeito, que era companheiro da vítima.   O acusado foi transferido para o presídio regional de Paulo Afonso.

O acusado tinha queimaduras pelo corpo, e precisou ser encaminhado para o Hospital Municipal, onde foi atendido.

O namorado é o principal suspeito de cometer o crime, a há indícios de que a motivação tenha sido por ciúmes.

Izabelly Oliveira  que era assessora da vereadora Diana de Irene de Jeremoabo deixa dois filhos.  Ela foi vista ono domingo, superanimada, na Cavalgada de São Jorge, evento que aconteceu neste último final de semana na cidade baiana.

Segundo o portal Jeremoabo Agora, a vereadora Diana, muito triste, comentou que “Izabelly era mais que uma assessora, era companheira e irmã. faltam palavras para descrever meu sentimento diante de crime tão bárbaro”.

Ainda segundo o site, em sua página oficial do facebook podia-se perceber uma Izabelly feliz e risonha. Sua última postagem: “E lá vou eu…CAVALGADA DE SÃO JORGE!!! Essa é tooop!”. Mal sabia que era sua última festa!

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.