Candidato a vice-prefeito nas eleições de 2016 é assassinado em povoado de Poço Redondo-SE

O ex-vereador e candidato a vice-prefeito nas eleições de 2016 em Poço Redondo, Claudeir dos Santos, 38 anos, mais conhecido como Pinho de Santa Rosa, foi assassinato no início da tarde desta terça-feira, 21, no povoado Santo Rosa do Ermínio, em Poço Redondo, alto Sertão Sergipano.

De acordo com informações de populares, a vítima estava na sede do povoado, quando foi surpreendida por dois homens armados em uma moto, que efetuaram cerca de dez disparos de arma de fogo contra Pinho. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.
Pinho foi vereador por Poço Redondo no ano de 2012-2016, ele obteve 662 votos. Em 2016, disputou o cargo de vice-prefeito na chapa encabeçada por Alex Sport. Os dois obtiveram 5.565 votos.
Itnet

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.