Sítio do Quinto-BA: Polícia recaptura mais dois foragidos da delegacia de Cícero Dantas

Policiais da Delegacia de Cícero Dantas  com o apoio de uma equipe formada por agentes da 25ª Coorpin/Euclides da Cunha, recapturaram, na madrugada desta sexta-feira (02/12), mais dois foragidos que estavam escondidos na residência de uma amiga em Sítio do Quinto. Eles chegaram no município desde o último final de semana passada quando eles roubaram um carro Fiat encontrado em Sítio do Quinto. O veiculo Foi tomado de assalto na cidade de Fátima/BA. Eles circulavam pelas ruas descaradamente e frequentavam ambientes familiares e comercio local.

Por telefone, o delegado , Dr. Ozorio Miguel, revelou a redação do Blog Carlino Souza, que a dupla planejava roubar outro veiculo para fuga. Eles pretendiam sair do Estado, disse o delegado.

Eles estavam foragido desde o último dia 18 de novembro, quando houve uma fuga de 31 detentos da Delegacia de Polícia Civil de Cícero Dantas-BA.

Com estas duas prisões, sobe para onze, o número de foragidos capturados, dos 31 fugitivos. Na ação de ontem, foram recapturados José Walter N. de Jesus e José Adriano Carregosa dos Santos.


Segundo o delegado de Cícero Dantas, Dr. Ozorio Miguel, as investigações continuam para localizar todos os foragidos e recuperar todas as armas roubadas. Os dois recapturados foram encaminhados novamente a Delegacia. Qualquer informação dos 19 foragidos pode ser repassada à delegacia, pelo (075)3278-2368. 

Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!


Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.