Sítio do Quinto-BA: indústria de processamento de areia poderá injetar mais de US$ 100 milhões em investimento

reuniao-incra-_-alex-da-piata-1
Em audiência na sede do Incra, em Salvador, o deputado Alex da Piatã (PSD) e uma comitiva da cidade de Sítio do Quinto estiveram com o superintendente regional do órgão, Hélder Almeida, onde trataram do projeto de beneficiamento de areia industrial no município e a sua viabilização.
Na conversa, o prefeito eleito Jair Santos (PSD) e os diretores da empresa Mineração Cristo Rei, João Silva e Eduardo Gazera, atestaram a viabilidade técnica e econômica da produção. De acordo com o mencionado no encontro, a estimativa é a de que essa atividade promova resultados sociais importantes para o município. Vale ressaltar que a Mineração já investiu US$ 20 milhões em pesquisa e a estimativa de investimento é de US$ 100 milhões.
reuniao-incra-_-alex-da-piata-2
“O projeto dará rentabilidade do município e ao estado. Projeto muito bom!”, salientou Silva no término do encontro.
Já para o diretor administrativo, a importância da mediação no órgão, é o de “desatar o último nó dessa corda”. “Buscamos a liberação dos lotes para instalarmos uma planta de beneficiamento. Uma riqueza em um local muito pobre. Neste estado de crise que o País vive, é um alento”, afirmou o diretor administrativo da empresa, Gazera.
O deputado Alex da Piatã (PSD) classificou como positiva a reunião. “Eu acho que temos que tentar unir esforços para combater a crise. O que viemos fazer aqui foi isso: busca a geração de emprego e renda ao povo de Sítio do Quinto e região. Quero registrar o agradecimento ao chefe do Incra, Helder, pelo acolhimento e por nos ajudar nessas demandas”, disse.
Fonte: Bahia Assessoria e Comunicação


Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!
Facebook.com/BlogdoCarlinoSouza



Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.