Oito suspeitos de assaltos morrem em troca de tiros com policiais em Delmiro Gouveia-AL

Tiroteio aconteceu ao lado de escola e aterrorizou mais de 300 alunos; armas de fogo de grosso calibre, colete balístico e drogas foram apreendidos em residência, segundo delegado.
Oito jovens suspeitos de assaltos morreram em uma troca de tiros com as polícias Civil e Militar, na manhã desta terça-feira (30), por volta das 10h30, na Rua João Batista Filho, no bairro Campo Grande, em Delmiro Gouveia.
Os policias estavam cumprindo mandados de prisão contra os suspeitos, em uma residência onde eles estariam escondidos, quando foram recebidos a tiros. Houve um intenso tiroteio, onde os suspeitos, cujos nomes ainda não foram divulgados, morreram.
Conforme o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada no município, várias armas de fogo de grosso calibre, um colete balístico e drogas foram encontradas no interior do imóvel.
A ação contou com a participação de policiais civis da 1ª-DRP, militares da Rádio Patrulha (R/P), do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e da Companhia de Operações Especiais do Sertão (Copes-Caatinga).
Uma equipe da Guarda Municipal foi acionada para remover os corpos para o necrotério da Unidade Mista e Emergência Antenor Serpa, onde serão recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.
Correio da Notícia
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.