"Uilton do Razinho" é morto a tiros enquanto bebia com amigos no povoado Brejo em Antas- BA

Um homem, foi morto a tiros na noite deste domingo (08) na cidade de Antas- BA. O crime aconteceu por volta das 22h30min, dentro de um bar, localizado no povoado Brejo 1. Segundo a PM, a vítima foi identificada como Uilton dos Santos Andrade, de 34 anos, bebia com amigos no momento do crime.
Ainda segundo o militar, os suspeitos de realizar o crime estavam em uma moto Bros, cor preta. Testemunhas relataram que os suspeitos desceram do veículo armados, foram em direção a Uilton e disparam vários tiros contra ele. As outras pessoas que estavam com a vítima, não ficaram feridas. O homem não resisitiu aos ferimentos  e morreu no local.
Uma guarnição da PM  isolou o local até a chegada da Polícia Técnica que conduziu o corpo do homem para o Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso.
A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. O caso será investigado.
Em 08/11/2009, "Uilton do Razinho" em um ato de crueldade e de forma truculenta tirou a vida de um simples cidadão, trabalhador, pai de família, quando o mesmo efetuou (4) tiros na cabeça da vitima sem lhe dar chances de defesa em uma boate no povoado Razinho, há 9 Km de Sítio do Quinto. Naquela época, Crime bárbaro deixou o povoado Razinho e o município em estado de pânico e Revolta.


Da redação Chico Sabe Tudo / Blog do Carlino Souza

Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.