Acidente mata quatro romeiros de Carira e Nossa Senhora da Glória que retornavam de Juazeiro do Norte

O grupo voltava da Festa de Padre Cícero no município de Juazeiro do Norte, no Ceará
Floresta
Na madrugada desta segunda-feira (2), por volta das 02:40, uma colisão entre dois caminhões deixou quatro romeiros mortos e cinco feridos, em Floresta, Sertão de Pernambuco.

O grupo voltava da Festa de Padre Cícero no município de Juazeiro do Norte, no Ceará. Um caminhão de cerâmica teria invadido a pista contrária e batido na lateral do veículo que transportava cerca de 20 romeiros na caçamba, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.
Ainda segundo a PRF, os romeiros seguiam para Nossa Senhora da Glória, em Sergipe. O outro veículo seguia para Belém de São Francisco, no Sertão. As quatro vítimas morreram no local. Duas delas foram arremessadas para fora do veículo e caíram na pista, conforme informou a polícia. O acidente ocorreu no quilômetro 303 da BR-316.
Os quatro corpos foram encaminhados para o Hospital Álvaro Ferraz em cidade de Floresta, juntamente com os feridos. O caminhão pau-de-arara foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, já o outro caminhão devido a carga pesada com gesso não foi removido ficando no local do acidente.
Até o momento os corpos identificados foram:

Zito Venância Neto, de 41 anos.
Lucas Santos Almeida, de 19 anos.
Beneilda Lúcia Passos, de 66 anos.

Informações do Jeremoabo Agora: Berneilda, morou durante muitos anos na Fortuna, município de Pedro Alexandre, onde fez muitos amigos e criou seus filhos. Atualmente estava morando na cidade de Carira-SE. Berneilda, era filha de Sr. Fernando e Dona Maria, já falecidos. Era tia da radialista Suely Magda.

O sepultamento de Berneilda acontecerá amanhã na cidade de Carira, mas horário ainda não divulgado pela família.
Fonte:HS24horas.com.br
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.