Sítio do Quinto-BA: Prefeito Cleigivaldo não paga aluguel de prefeitura e funcionários são impedidos de trabalhar

Sem receber aluguel há quatro meses, o proprietário de um imóvel localizado na Praça João José do Nascimento, no Centro, em Sítio do Quinto, região nordeste da Bahia, resolveu cruzar os braços de fronte a prefeitura na manhã desta segunda-feira(31). O protesto segundo ele é a falta de pagamento do aluguel do imóvel. Ele alega ainda que os atrasos no pagamento do aluguel são constantes.

Diante do descaso na gestão pública, dar se a intender que mais uma vez as marcas da incompetência do prefeito Cleigivaldo, não tem limites. Desta vez, funcionários da prefeitura foram impedidos de entrar no órgão após proprietário do imóvel fazer protesto e impedir a entrada de funcionários no estabelecimento. O motivo seria a falta de pagamento do aluguel do imóvel que já chega o número de 4 parcelas atrasadas o que corresponde 4 meses. O valor do aluguel do imóvel mensalmente chega à R$ 2 mil. Entrevistado pelo Blog do Carlino Souza, Lazaro Pedro Santana de Carvalho, disse que mesmo o gestor errado, ainda aparece "puxa-sacos" que o defenda, explica. " O cara não reside na cidade. Ninguém vê esse homem. Aqui ele é visto raramente, e quando aparece se esconde dentro de casa, e ainda por cima aparece puxa-saco pra defendê-lo. Ele não paga e ainda quer ter razão", desabafa, Lázaro. 

Segundo ele, sempre que vai  fazer cobranças na prefeitura, um ou dois "puxa-sacos" ou aliado do prefeito pede calma e paciência. Enfurecido dono do imóvel sempre responde: "Paciência e o nome de um gato de estimação que eu tenho em minha casa", desabafou, Lázaro ao conversar com a redação do Blog Carlino Souza.

Nesse prédio, funcionam as secretarias de Administração, de Meio Ambiente e Agricultura, de Desenvolvimento Econômico e de Desenvolvimento Urbano.

O vice prefeito Jair do Correio, foi flagrado por nossa equipe de reportagem. Na tentativa de fazer diálogo o mesmo desistiu após proprietário do imóvel oferecer resistência. Ninguém da administração quis dar depoimento sobre o episodio.

Da Redação: Blog do Carlino Souza

Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook


Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.