Coronel João Sá-BA: Vereador Léo de Lie protocola pedido de abertura de CPI

Vereador Léo de Lie protocola pedido de abertura de CPI para apurar possíveis irregularidades praticada pelo ex-presidente da câmara o vereador Cleiton Carlos Passos.
Na  ultima quinta-feira (13) o vereador José dos Santos Filho (PP) protocolou na secretaria da câmara o Requerimento que solicita que seja constituída uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades praticada pelo ex-presidente da câmara o vereador Cleiton Carlos Passos.
 
No requerimento o vereador denunciante aponta diversas irregularidades tais como: contratos fraudulentos e sem licitação, aquisição de material gráfico de forma fraudulenta, venda ilegal de um veiculo de propriedade da Câmara Municipal, Burla no processo Eleitoral para o biênio 20015/2016, apropriação indevida de documentos e do Livro de Atas.  De acordo com o Regimento Interno da Câmara, para que uma CPI seja aberta, é necessário que exista um motivo determinado e a assinatura de pelo menos 1/3 dos vereadores.
 
O Regimento prevê ainda um prazo de 90 dias para conclusão do relatório. A indicação dos nomes dos três vereadores que comporão a comissão deve ser publicada na quarta-feira (19), após aprovação do requerimento na sessão ordinária desta terça-feira (18). Jose dos Santos Filho (Leo de Lie) explica que é necessário investigar com seriedade e responsabilidade a destinação dos recursos da Câmara Municipal de Coronel Joao Sá/BA, “é nosso dever investigar quaisquer irregularidades que possam prejudicar os joaosaenses”, defendeu o vereador e vice-presidente daquela casa de Leis.
 
Mais Joao SA / Foto: BLOG CARLINO SOUZA

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.