Jovens utilizam veículo oficial do Governo do Estado em bebedeira e imagens vazam na Internet


A equipe de reportagem do WSCOM Online  teve acesso, por meio do aplicativo de telefone celular WhatsApp, na noite deste domingo (8), a fotos de jovens utilizando um veículo do Governo do Estado em uma bebedeira. As imagens não revelam a placa do carro, que funciona a serviço da Secretaria de Estado da Saúde (SES), nem identifica o local e o dia em que ocorreu a “farra”.

Numa das imagens é possível visualizar a ousadia dos jovens pousando para foto, em cima do veículo, uma caminhoneta Chevrolet, de cabine dupla, modelo S10, com garrafas de cerveja e um litro de uísque.

O artigo 1º, parágrafo único da Lei Federal 1.081/1950, estabelece que “os automóveis oficiais destinam-se, exclusivamente, ao serviço público”.

Em janeiro deste ano, o Governo do Estado promoveu a Operação Uso Legal, que teve como objetivo o combater o uso ilegal de carros públicos por servidores estaduais. Ação foi realizada pela Casa Militar do Governador (CMG), com apoio da Secretaria Estadual de Administração (Sead) e Gerência Executiva de Veículos (Gecov).

Na oportunidade, ficou estabelecido que os veículos têm de circular com uma autorização especial para trafegar durante a noite ou durante os finais de semana. Os que estiverem sendo usados sem autorização serão recolhidos pela CMG e o condutor será notificado e responderá por processo administrativo.

De acordo com informações do portal do Governo da Paraíba (www.paraiba.pb.gov.br), a sociedade pode ajudar na fiscalização do uso indevido de veículos oficiais. Além das redes sociais e do site da corporação (casamilitar.pb.gov.br), denúncias podem ser feitas, 24h por dia, pelos telefones 0800-083-0094 ou 3216-8030.

Ângelo Medeiros
WSCOM Online
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.