Acidente seguido de incêndio deixa mortos e interdita BR-116


Um acidente grave seguido de incêndio deixou vítimas no final da manhã deste sábado (22), no km-644 da BR-116, trecho do município de Jaguaquara, região sudoeste da Bahia. Informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), prestadas pelo posto de Jequié, apontavam por volta das 17h30 a ocorrência de três mortes e o envolvimento de três caminhões e um veículo de passeio na ocorrência. A PRF ressaltou que havia dificuldade na contagem e identificação das vítimas devido à carbonização.
A versão da PRF é de que um dos veículos envolvidos transportava combustível, o que ocasionou o incêndio. Cinco feridos foram encaminhados para o Hospital Prado Valadares, em Jequié. De acordo com informações da unidade de saúde, três foram atendidos e liberados. Os dois que permaneceram na unidade passam bem. 
O acidente ocorreu pouco depois das 11h, em local conhecido como Serra do Mutum. Até por volta das 17h30, as circunstâncias eram desconhecidas e o Corpo de Bombeiros atuava no local com trabalho de resfriamento e retirada dos veículos. 
Os dois sentidos da BR-116 foram bloqueados. A PRF estima que o congestionamento alcance de 15 a 20 quilômetros de extensão na tarde deste sábado.(G1/ Marcos Souza Frahm)
Por: Marcos Souza Frahm
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.