Bem Vindo ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Coronel João Sá-BAHIA,
Mãe teve que comprar soro e medicamentos para poder internar filho em hospital de Quijingue
Os moradores da cidade de Quijingue estão sofrendo com a falta de compromisso da prefeitura com a saúde do município. Além da falta de medicamentos e equipamentos para fazer procedimentos simples como um exame de “raio-x”, existe paciente tendo que comprar até soro fisiológico porque no Hospital não tem.

Uma mãe que levou seu filho que precisava receber medicamentos e necessitava de um soro, saiu indignada do Hospital de Quijingue. Ela foi informada por enfermeiras que as mesmas não iriam realizar o procedimento pois o hospital estava sem soro e medicamentos e, que ela fosse comprar nas farmácias.

A mãe classificou em sua página em uma “rede social”, na última sexta-feira (22), como absurda a situação vivenciada, segundo ela é constrangedor, já que soro custa menos de R$ 2,00 reais, e é algo que não deveria faltar. “Um hospital onde o paciente tem que comprar remédios e até soro para nebulização, não é hospital. Fecha logo essa pest….uma mãe indignada, não desejo isso a ninguém” desabafou ela.

Essa não é a primeira vez que falta soro e medicamentos no Hospital Municipal da cidade. Como foi orientada, a mãe da criança foi até uma farmácia próxima e fez a compra do soro e dos medicamentos para seu filho poder ser atendido.

Autor: Metendo a Bronca 

A PM informou que os suspeitos seriam os donos de uma moto apreendida horas antes


Uma viatura da PM foi incendiada na frente do 5° Pelotão de Polícia Militar, na cidade de Sitio do Quinto- BA. A ação ocorreu quando os dois policiais que estavam no veículo haviam entrado na unidade, por volta das 03 horas, desta segunda-feira(25).
Assim que perceberam o fogo, os policiais com ajuda de um popular utilizaram dois extintores, baldes com água e conseguiram controlar as chamas. Ninguém ficou ferido.
Segundo informações, dois homens em uma moto, passaram pelo local e jogaram um coquetel molotov na viatura.Uma guarnição da cidade Antas foi acionada para ajudar nas buscas pelos suspeitos, mas ninguém foi preso. No dia de ontem(24/05) a PM apreendeu motos que estavam com documentação irregular. Blitzes foram feitas na s ruas e feira-livre da cidade.  
A PM informou que os suspeitos seriam os donos de uma moto apreendida horas antes. A viatura ficou parcialmente destruída.
Fonte: Chico Sabe Tudo /  Fotos: Carlino Souza
Cinco detentos ficaram feridos e sete foram mortos, na tarde deste domingo (24), durante uma briga entre grupos rivais dentro do pavilhão 10 do Conjunto Penal de Feira de Santana. Cerca de 336 presos ocupam as 38 celas do local. No total, o presídio mantém 1.500 homens privados de liberdade e 22 agentes por plantão.

Foram feridos a golpe de faca Dioclécio Aureliano dos Santos, Davi Pires Almeida Fernandes, Anderson Clayton Silva Nascimento, Iago de Jesus dos Santos e Luiz dos Santos Almeida. Ele foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).
(José Silas foi decapitado dentro do Conjunto Penal)
O detento José Silas foi decapitado. Também foram executados Alison Rodrigues e Haroldo Brito. Os nomes dos outros quatro mortos ainda não foram divulgados pela polícia. O Departamento de Polícia Técnica está no local e realiza os levantamentos cadavéricos.
(Parentes aguardando liberação de reféns em corrente de oração)
Parentes dos detentos, entre eles crianças, que se dirigiram ao presídio para a visita dominical, foram feitos reféns dentro do pavilhão. Os presos exigiram a presença da comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores, bem como o presidente da Casa, Ronny, para liberação das famílias. Tanto ele como a vereadora Cintia Machado já estão no Conjunto Penal.

O vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Carlos Eduardo Guimarães, o comandante do Comando Regional Leste (CPRL), coronel Adelmário Xavier, o delegado João Uzzum, entre outras autoridades, também se dirigiram ao presídio para tentar acalmar os ânimos dos presos e negociar a libertação dos reféns.  
As informações e fotos são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade. 
O que faz um gestor público cometer as mais diversas imoralidades do ponto de vista administrativo? O que o faz gerir sua cidade como lhe convém, sem atentar para o que é moralmente aceitável? Certamente as argumentações são muitas e a certeza, ou quase certeza de que ficarão impunes, está na mente de cada um.
Talvez tenha sido com este pensamento que o prefeito de Padre Marcos, Lucinete Macedo Araújo, o Netinho, agiu por meio do Decreto nº 002/2015. No Decreto, o nome do prefeito aparece escrito 'Mecedo'.
Contextualizo e explico...
A remuneração por vigem em missão especial ou mais popularmente falando, viagens de trabalho é legal, regida por atos, decretos e resoluções próprias de casa órgão gestor. Isso é pacífico. Agora, quanto ao valor...qual é o correto? Ou qual é o valor aceitável?
UM EXEMPLO DE BRASÍLIA
Para não citarmos tantos outros órgãos do poder público, vamos tomar como base a Câmara dos Deputados em Brasília. Naquela Casa, o valor das diárias em missão especial dos deputados é definido pelo Ato da Mesa 31/2012. Segundo o Ato, as diárias devem ser utilizadas para cobrir os custos com hospedagem, transporte local e alimentação. "Nas viagens nacionais, o valor da diária é de R$ 524,00", diz parte do texto. O Ato 31/2012 explica ainda que nas viagens internacionais, o valor da diária é de US$ 391,00 para países da América do Sul e de US$ 428,00 para outros países. E faz uma observação quanto aos valores pagos ao presidente da Câmara, hoje comandada por Eduardo Cunha (PMDB). Diz o Ato que ele receberá um valor maior. Para viagens nacionais, a diária é de R$ 611,00; para viagens para a América do Sul o valor é de US$ 428,00 e para viagens para outros países o valor é de US$ 550,00.

Apa.jpg
A Câmara dos Deputados destaca também que os parlamentares têm direito a receber um adicional de embarque e desembarque, limitado a uma adicional por missão oficial, no valor correspondente a 80% do valor básico da menor diária fixada por viagens nacional e internacional, respectivamente. O adicional, segundo a Câmara, é para cobrir despesas com deslocamento do local de embarque e desembarque até o local d e trabalho ou pousada e vice-versa.
ENQUANTO ISSO NO PIAUÍ...
A cidade de Padre Marcos fica a 348 km de Teresina. Como toda a cidade de interior, pacata. No entanto, um dos últimos atos do prefeito Lucinete Araújo não foi tão pacato assim. Por meio de Decreto, ele estabeleceu que a sua diária e a de seu vice a Brasília, seria de R$ 900,00, quase um terço a mais do que é pago pela Câmara dos Deputados a seu presidente. Os valores considerados são para as viagens nacionais, obviamente.

folhaa.jpg
Prefeito diz que ajuste é para reorganizar os valores (FotoFolha Atual)

O texto do Decreto Nº 002/2015, fala em "reorganização administrativa da Prefeitura Municipal de Padre Marcos". Uma reorganização que vai custar caro aos cofres públicos com o prefeito recebendo diárias muito além das pagas para o presidente da Câmara Federal.
ado.jpg
O Decreto ajusta ainda o valor das diárias do prefeito, vice-prefeito, secretários, assessores, cargos especiais e demais funcionários para a cidade de Picos; para a capital Teresina e para Brasília.
ata.jpg
MAIS UMA OBSERVAÇÃO...
A publicação do Decreto noDiário Oficial dos Municípios é do dia 18 de maio de 2015. Porém, o mesmo foi assinado pelo prefeito ainda no mês de fevereiro, mais precisamente no dia 02.

ado2.jpg
A Policia Civil de Sergipe confirmou nesta sexta-feira dia 22/05, a prisão dos irmãos Cristiano e Roberto, principais acusados pelo assassinato do ex-prefeito do município de Itabaianinha/SE, Joaldo Lima de Carvalho, crime que aconteceu no dia 01 de maio de 2015, na fazenda da vítima. 

Após o crime a polícia iniciou o processo investigativo que chegou aos autores do bárbaro assassinato, os criminosos são naturais do município de Boquim/SE, e estavam foragidos e escondidos no município de Euclides da Cunha/BA, à 210 Km de Itabaianinha/SE, onde foram localizados e presos. Além dos irmãos outros indivíduos que teriam participado da ação criminosa estão foragidos.

Matéria: Eduardo Góis / Jornalismo Gata Amarrada
79622-3
Foi encontrado morto na manhã deste sábado (23) o radialista Djalma Santos da Conceição, apresentador do programa Acorda Cidade, da Rádio comunitária RCA FM, de Conceição da Feira. A vítima, de 53 anos, morava no bairro Santa Luzia, em Conceição da Feira. O corpo dele foi encontrado no povoado de Timbó, na zona rural do município, por volta das 7h.

Segundo informações publicadas no site São Gonçalo Agora, o irmão de Djalma informou que três homens encapuzados sequestraram o radialista, por volta das 23h de ontem, no quiosque dele, no município de Governador Mangabeira, enquanto realizava uma roda de samba. Ele contou que Djalma foi colocado à força dentro do porta-malas de um veículo branco pelos homens, que fugiram.

A polícia acredita que o crime foi praticado com requintes de crueldade. O radialista teria sido torturado e depois executado. Segundo os policiais, foram deflagrados 15 tiros contra ele, que atingiram olho direito, perna, tórax, abdômen e queixo.

O radialista Djalma Santos era conhecido por ser muito polêmico. Segundo informações do São Gonçalo Agora, a família afirmou que ele recebia ameaças constantemente. O corpo do apresentador foi levado para Departamento de Polícia Técnica de Santo Amaro da Purificação.

(Fonte: Acorda Cidade)
Paripiranga: Procurador acusa delegado de perseguição por cita-lo como suspeito de crime
Foto: Luana Ribeiro / Bahia Notícias
O procurador-geral do município de Paripiranga, Alexandre Magno, acusa o delegado Geuvan Passos de perseguição por cita-lo como mandante do assassinato do médico José Carlos Carvalho, ocorrido em 2 de maio de 2014. De acordo com Magno, há o interesse de dar motivação política ao crime para atingir a imagem dele e a do prefeito, George Ribeiro, de quem é considerado potencial herdeiro político. Um relatório feito pelo promotor Gildásio Rizério aponta Magno e Ribeiro como eventuais suspeitos pelo crime, já que o médico e também político concorreria às eleições municipais de 2016 pela terceira vez. Segundo Rizério, José Carlos era um “candidato imbatível” que “não tinha como perder” e os aliados “eram as únicas pessoas que tinham interesse na morte dele”. O acusado, no entanto, nega qualquer envolvimento com o caso.  
 

O delegado seguiu a linha de investigação proposta pelo Ministério Público, mas a defesa do procurador diz que o argumento de Passos é insuficiente, porque apenas referencia o depoimento de Igor Carvalho, identificado como suposto piloto da moto utilizada durante o homicídio de José Carlos. Conforme registrado no interrogatório do rapaz, ao qual o Bahia Notícias teve acesso, Lázaro Mato Verde (cujo nome real é Lázaro Matos Fraga, ex-chefe de gabinete do prefeito) ofereceu um advogado para defendê-lo durante o julgamento do homicídio, neste caso, Alexandre Magno. “Os outros depoimentos não constam o nome do procurador em nenhum momento, está só elucidando quem cometeu o crime e ponto”, disse o advogado Caio Pires. Além disso, a defesa do procurador de Paripiranga afirma que o delegado não tem competência constitucional para investigar o envolvimento do prefeito no caso, exigindo a autorização de um desembargador do Tribunal de Justiça, resultado do foro privilegiado. O delegado afirmou que as contradições de Magno durante interrogatório ajudaram na conclusão das investigações. “Na véspera do crime, Alexandre ficou com o executor por quase todo o dia, de 12h até 20h, isso o próprio Alexandre fala. E eu tenho vários depoimentos que confirmam isso”, garantiu o delegado. De acordo com Passos, Magno, inclusive, batizaria o filho do executor, identificado como Leonardo Guimarães. O homem era motorista de caçamba que serve à prefeitura, pertencente a Lázaro Matos Fraga, morto em 30 de novembro de 2014, segundo investigação da polícia. “Ele [Magno] diz que não tinha amizade com o executor, que ele pegava o carro só pra lavar, mas tenho provas que as pessoas dizem que ele viajava constantemente com o executor”, continuou o delegado, embora assuma não ter prova física para assegurar. Contudo, o pedido de quebra de sigilo telefônico e bancário já foi feito. “Não entrei anteriormente porque o promotor de Justiça da comarca é amigo dele, bebia vinho com Alexandre a cada 15 dias”, disparou. 
 
Questionado pelo Bahia Notícias, o promotor Gildásio Rizério assumiu ser amigo de Magno e encontrá-lo num restaurante da cidade. “Sou promotor aqui há 19 anos, conheço toda a cidade e as pessoas. Aqui em Paripiranga me relaciono com 20 advogados. Não sou inimigo”, acrescentou. Apesar de ter sugerido uma linha de investigação que suspeitava do seu “amigo”, o promotor criticou duramente o delegado Geuvan Passos por ainda não ter concluído o inquérito um ano depois da abertura, e por divulgar na imprensa o que ainda não está na Justiça. “Esse delegado não tem condições de exercer o cargo, ele tem que voltar para a Academia de Polícia. Ainda que ele tenha conjunto de provas, ele procurou emissoras de rádio fazendo estardalhaço desse. Os povoados de Paripiranga estão querendo o prefeito e o procurador para linchar, com base na leviandade do delegado”, criticou Rizério. O promotor disse ter encaminhado à Secretaria de Segurança Pública (SSP) o pedido de transferência do delegado para outra cidade. A defesa do procurador Alexandre Magno também deve “tomar providências” contra o Geuvan, que, para ela, comete abuso de autoridade. “[Vamos] Representar na Corregedoria da Polícia Civil, ao Ministério Público e requerer indenização por danos morais. E chamar atenção do Tribunal que existe uma investigação com prefeito que ele vem conduzindo sem autorização do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia”, disse a defesa de Magno. Apesar do risco, o delegado se diz tranquilo e sugere que o procurador tem razões para ficar alerta.  “Não estou preocupado, porque estou fazendo meu trabalho de forma clara, honesta, procurando a verdade. Se ele não entrasse em tanta contradição, não fosse tão mentiroso, não estaria na posição que se encontra”, finalizou.

Bahia Noticias
Fotomontagem: Reprodução/Internet

O marido da jovem Priscila Yasmin Castilho, que acabou postando fotos suas fazendo sexo com o pastor de sua igreja, cometeu suicídio, segundo informou alguns sites no início da tarde desta quarta-feira (20). 

Trata-se de um caso extra conjugal de um pastor do município de Vilhena, em Rondônia, com uma cantora da Assembléia de Deus, a jovem Priscila. Pastor Antônio, que é casado e trabalha como assessor do prefeito de Vilhena, mantinha relações com Priscila, que várias vezes, fazia algumas declarações carinhosas publicamente no perfil de Facebook do pastor.

Alguns sites dizem que ela chegou a postar as fotos por engano. Antônio Manoel (PSC), é ex-vereador do município. A igreja Presbiteriana Renovada de Vilhena esclareceu os fatos. De acordo com Fernando Paulo, que é o Pastor presidente da igreja no município, Antônio deixou de ser pastor faz alguns anos, e era apenas membro. Seguindo a legislação da igreja, Manoel foi desligado da instituição.

Mesmo após muito tempo, algumas pessoas ainda tem o costume de chamá-lo de Pastor Antônio.

Acomapanhe o caso aqui:

Cantora evangélica faz selfie transando com pastor casado e fotos vazam na internet

Fotos da cantora evangélica Priscila Yasmin Castilho, transando com o pastor Antônio, tem circulado nas redes sociais, o pastor é casado e também trabalha como assessor de comunicação da prefeitura de Vilhena Rondônia, Priscila é cantora da igreja e também é comprometida.

Não se sabe como as fotos foram parar na internet, o fato gerou uma grande repercussão em Rondônia. A igreja ainda não se pronunciou sobre o assunto. 


O padre Severino Ézio de Melo foi afastado das funções na Diocese de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, por causa de “fotografias comprometedoras da moral espalhadas nas redes sociais”. Nas fotos, o padre aparece deitado com um outro homem em uma cama sem camisa, em outro momento com taças na mão brindando e beijando o rapaz no rosto. Segundo informações da Polícia, o sacerdote estava recebendo mensagens de um suposto ex-namorado, que pedia R$ 30 mil para que as fotos não fossem divulgadas.


No dia 30 de abril, o padre foi no Grupo de Operações Especiais (GOE) e prestou depoimento sobre o caso. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito de ter divulgado a foto é um autônomo que não teve o nome divulgado, pois o suspeito ainda está sendo investigado.

O delegado responsável pelo caso, Cláudio Castro, disse que encaminhou os autos do processo à Justiça e está aguardando o retorno do inquérito para poder iniciar a conclusão do caso. O celular do suspeito foi apreendido e está sendo periciado.
Antes, o sacerdote sofreu uma advertência canônica que “não surtiu efeito esperado”, de acordo com nota enviada à imprensa pela diocese na manhã desta terça-feira (19).
 
Ainda segundo o documento, a advertência “não foi obedecida pelo padre”. Por isso, o sacerdote também sofreu uma suspensão canônica. Ele está impedido de “presidir ou administrar qualquer Sacramento ou Sacramental, de celebrar ou concelebrar a Eucaristia, com a presença pública de fiéis cristãos”.
A decisão foi tomada pelo bispo Dom José Luiz Ferreira Salles. Ele considerou o cânon 1395. “Se persiste o delito depois da advertência, podem se acrescentar, gradativamente, outras penas, até a demissão do estado clerical”.

Abaixo o decreto:
suspensao
No último dia 2 de maio 2014, o médico José Carlos Bezerra Carvalho, mais conhecido como "Dr. Zé Carlos", de 49 anos, foi assassinado a tiros no município de Paripiranga (BA), cerca de 360 quilômetros da capital baiana. O médico que era membro do Partido dos Trabalhadores (PT) foi candidato a prefeito da cidade nas duas últimas eleições contra o atual gestor municipal, George Bandeira (PSD). 
Após investigações policiais, o delegado Geovan Passos afirmou que o médico foi assassinado a mando do advogado Alexandre Magno Rodrigues de Oliveira, braço direito do prefeito e ex-secretário de Administração. Ainda de acordo com o delegado, o executor do crime foi um homem identificado como Leonardo Fraga de Baranhos. Zé Carlos foi morto em frente a academia que frequentava, no mesmo dia depois da data de comemoração dos 124 anos de emancipação política do município. O crime chocou toda população paripiranguense. O delegado de policia que esteve a frente das investigações afirmou que foi muito difícil elucidar crime pois as testemunhas tinham medo em depor a respeito do fato. O crime só foi descoberto após prisão do condutor da bicicleta que foi utilizada no crime, ele apontou outros envolvidos que também já tínhamos a suspeita. 
Dr. Zé Carlos (esquerda) e prefeito George Bandeira (PSD)
Há suspeitas que a motivação do crime seria uma possível disputa pela prefeitura nas eleições do próximo ano, entre o advogado Alexandre Magno e o Dr. Zé Carlos, que tentaria pela terceira vez consecutiva. 
Em 2013, Alexandre Magno chegou a ser apontado como o mandante de uma agressão contra o Vereador Givaldo Cardoso(PSD), este mesmo da base aliada do prefeito George. Acompanhe o caso. Click Aqui!

Da redação, Blog do Carlino Souza
SJirece

………….
A cidade de Irecê terá um mês inteiro de festas. Em entrevista coletiva à imprensa ontem (20) o prefeito Luiz Pimentel Sobral anunciou que serão 30 dias de festas nos bairros e povoados da cidade.

Além de artistas consagrados no cenário nacional, como Luan Santana, Michel Teló, Wesley Safadão e a dupla sertaneja Victor e Léo, a programação do São João de Irecê 2015 contempla a diversidade musical, com artistas locais, representantes do Pé de Serra e Forró das Antigas, grandes nomes da Jovem Guarda, a exemplo de Jerry Adriani e Odair José; e apresentações de Rock, Reggae, Sanfona e outros ritmos em palco alternativo.
O prefeito Luiz Sobral também confirmou a construção de espaços reservados para idosos e pessoas com necessidades especiais de locomoção e anunciou uma programação especial para as crianças, que terão um espaço reservado entre às 14h e 18h.
“O compromisso da nossa gestão é levar alegria para as pessoas mais humildes, trazendo grandes atrações para tocar de graça. Como consequência, incentivamos o turismo, geramos emprego e renda e ajudamos a movimentar o comércio, que é uma das principais vocações da cidade”, destacou o gestor.
Confira, abaixo, as principais datas e atrações:
Arraiá das Caraíbas – 19 a 23 de junho
Dia 19 / Wesley Safadão
20 / Calcinha Preta
21 / Michel Teló
22 / Victor e Léo
23 / Luan Santana e Sandro Becker
Palco Alternativo (Praça de Alimentação) 20 a 23 de junho

Shows de Rock, Reggae, Sanfona e Cantoria
Arraiá do Mercadão – 20 a 24 de junho

Dia 20 / Odair José
21 / Jerry Adriani
22 / Nara Costa
23 / Agnaldo Timóteo
24 / Lairton e Seus Teclados, Lordão, Sandro Becker
São Pedro da Boa Vista – 27 e 28 de junho

Dia 27 – Carlos André, Mastruz com Leite e Artistas Locais
28 / José Roberto, Flávio José e Artistas Locais


Bandidos fortemente armados  explodiram mais uma vez a agência do Banco do Brasil desta cidade de Canudos. De acordo informações de populares na madrugada desta sexta-feira (22), por volta das 02:40 da madrugada, sete homens fortemente armados teriam chegado em um carro Toyota SW4 de cor prata e obrigado uma séria de pessoas que estavam em uma pizzaria próximo ao banco a se dirigem até o referido banco. Com vários reféns do lado de fora da instituição bancária, parte da quadrilha colocou vários explosivos no cofre da agência o que deixou o banco bastante destruído. Bem tranquilos,  os criminosos empreenderam fuga levando dinheiro e algumas pessoas como reféns e liberado posteriormente. Até o momento não se sabe o valor levado pelos assaltantes.


O banco do Brasil de Canudos tinha sido assaltado pela última vez, em novembro de 2014, e reaberto definitivamente somente em abril deste ano depois de várias reuniões com a superintendência do referido banco. 

Autor: Canudos Acontece
Em uma operação conjunta entre as polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar foram apreendidos mais de 24 quilos de cocaína em Itamaraju, no extremo sul do estado.  De acordo com a PRF, esta é a maior apreensão realizada na cidade.
Os policiais também prenderam Rodrigo dos Santos Pereira, 33 anos, e Davi Resente Elias, 31 anos, que estavam de posse da droga, escondida no interior de uma caminhonete que fazia uma mudança para Porto Seguro.
Segundo o site Radar 830, os criminosos pretendiam morar em Itamaraju, onde iriam comercializar a droga, avaliada em mais de R$ 1 milhão. Os policiais ainda relataram que ficaram sabendo da ação criminosa através de uma denúncia.
G1