quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Fátima-BA: após pedido de impugnação, Sorria mantém candidatura e comemora novas adesões

A coligação Unidos para o bem de Fátima, dos partidos PT, PTB, PSL, PSC, PTN e PSD, liderada pelo candidato a prefeito Binho de Alfredo, entrou com pedido de impugnação da candidatura a prefeito de Manoel Missias, o Sorria, da coligação Trabalho, seriedade e compromisso, integrada pelos partidos: PP, PDT, PR, PPS, PSDB e PC do B. A impugnação encaminhada ao Juiz Eleitoral da 82ª Zona, comarca de Cícero Dantas/BA.

Ao tomar conhecimento do quadro político do Município de Fátima/BA, o Blog Carlino Souza, procurou o candidato Manoel Missias(PP), logo após, assessoria jurídica da coligação para obter maiores informações a fim de esclarecer os fatos e comentários que vem ocorrendo no município e publicado em redes socias, blogs e etc,. Diante do pedido de impugnação, a coordenação politica afirma que a candidatura de Manoel Missias(PP) continuará mantida e que o candidato tem ganhado novas adesões a cada momento, mesmo após falso noticiário.

O grupo de Sorria, ainda repudia e lamenta o fato por alguns Blogs da região estarem publicando notícias inverídicas e de cunho duvidoso, que visa tão somente manchar sua imagem perante uma campanha limpa e transparente. Em nota a coordenação diz que os fundamentos de pedido de impugnação não prosperam, uma vez que o parecer do TCM, é apenas opinativo quanto à aprovação ou rejeição das contas, cabendo aos vereadores à decisão de aprovar ou rejeitá-las, no presente caso o candidato Manoel Missias teve suas contas aprovadas pela Câmara Legislativa.

A Assessoria jurídica do candidato, informou que foram notificados ontem(23/08) sobre o pedido de impugnação apresentado pela coligação “Unidos para o Bem de Fátima” e que já estão elaborando a defesa para ser apresentado dentro prazo legal. Esclarece que os argumentos utilizados pela coligação adversaria são completamente infundadas e não são causas de inelegibilidade na forma prevista na Lei complementar 64/90, sobretudo após o noticiado julgamento do (STF) Supremo Tribunal Federal, corrido no último dia (10/08) do corrente ano.
Neste sentido, informa aos eleitores que têm certeza da situação de elegibilidade do candidato, Manoel Missias(PP).

Na oportunidade, A assessoria Jurídica acredita que a oposição usa de mecanismo das redes sociais para deixar os eleitores inseguros e confusos. O primeiro caso foi à publicação de uma pesquisa supostamente falsa, sem o devido registro e divulgada nas redes sociais, onde o setor Jurídico representou judicialmente e teve seu pedido liminarmente deferido, pelo juiz Dr. José de Souza Brandão Netto, que determinou: “Defiro o pedido de tutela de urgência determino a imediata exclusão da suposta pesquisa eleitoral do perfil do representando no Facebook e de qualquer rede social, blogs, etc, devendo ser substituída por mensagem informativa da ausência de pesquisa eleitoral do presente pleito” sendo fixada multa diária no valor de R$ 2 mil por dia em caso de descumprimento.

Da redação, Blog do Carlino Souza – O primeiro. Sempre!


Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Pastor mata fiel ao tentar demonstrar poder da fé em culto evangélico

Uma mulher foi morta pelo pastor da Assembleia Geral do Monte Sião, em Polokwane, África do Sul, após não resistir ao que o religioso chamou de “teste de fé”. Durante o culto, o pastor Lethebo Rabalango pediu para que a vítima se deitasse no chão. Logo em seguida, colocou uma enorme caixa de som em cima do corpo dela e sentou-se em cima. Segundo o rapaz, se ela tivesse fé, não sentiria dor.
O pastor, então, fica alguns minutos pregando em cima da caixa de som. Ao se levantar, a constatação: a jovem havia morrido. Sem se preocupar muito com o que tinha acabado de fazer, Lethebo diz às pessoas do culto que a culpa era da mulher, pois ela não teve fé para resistir a “algo simples”, como noticiou o site Gospel Prime.
Crédito: Reprodução
A mulher teve várias fraturas internas, inclusive nos pulmões. As fotos foram postadas no perfil do Facebook do pastor. Na mesma página, Lethebo compartilhou uma das notícias sobre o caso e disse que “a mídia é a arma do diabo”.
Mais tarde, o rapaz fez um vídeo tentando explicar o ocorrido, mas só disse que o que aconteceu foi fruto do “poder de Deus”. “A mídia falou muitas coisas ruins sobre a gente. O que nós temos que entender é sobre o poder de Deus. É o poder de Deus! Não podemos fazer nada sobre isso. O que aconteceu foi pelo poder de Deus! Não podemos criticar isso, se vocês não entendem, venham conhecer. Não podemos lutar contra o que não entendemos”.
Além da polícia, a Comissão para os Direitos Culturais, Religiosos e Linguísticos da África do Sul investiga o caso.

sábado, 20 de agosto de 2016

Cícero Dantas-BA: Oposição quer impugnação de Weldon

Uma coligação formada pelos partidos PP, PT, PSB, PSL, PSC, PTB, PPS, PSD e PSDC, ingressou como pedido de impugnação da candidatura de José Weldon de Carvalho Santana, candidato a prefeito da cidade, pelo DEM. O pedido, registrado na 82ª Zona Eleitoral da Comarca de Cícero Dantas, se baseia na inelegibilidade do pretendente. Quando prefeito, José Weldon teve as contas públicas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Município (TCM), em 2011 e 2012, e pela Câmara Municipal de Cícero Dantas, em 2011.

Segundo o documento, que foi acionado na segunda-feira (15), o ex-prefeito de Cícero Dantas, José Weldon, apoiado pelo atual gestor, Helânio Calazans (PR), “possui uma conduta desonesta, e responde inúmeros processos judiciais, inclusive na esfera Federal, que decreta o bloqueio de bens do candidato”. Ainda segundo a acusação, "no TCM, os conselheiros e julgadores, apontaram irregularidades insanáveis que configuram atos dolosos de improbidade administrativa por parte do impugnado". O processo, nº 114282/16, é apreciado no Cartório Eleitoral de Cícero Dantas. Duas chapas concorrem às eleições na cidade. 

Do Bahia Noticia

Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Homicida procurado pela polícia sergipana é preso em Sítio do Quinto-BA


Na ação ele ainda foi flagranteado por posse ilegal de arma de fogo

Agentes da Polícia Civil da Delegacia de Carira, com o apoio de policiais da Delegacia Regional de Itabaiana, efetuaram a prisão de Jailson Correia, conhecido por “Zé do Pão”, em cumprimento a mandado de prisão por homicídio. O fato ocorreu em Sítio de Quinto, no estado da Bahia.

Conforme informações do delegado Josioland Machado Eugênio, coordenador da operação, o suspeito estava sendo procurado pela polícia desde 2008.

Jailson cometeu um homicídio no Povoado Baixa Grande, no município de Carira. Com o apoio do delegado Marcos Garcia, localizamos o indivíduo em sua residência em posse de duas espingardas. Ele não resistiu à voz de prisão”, informou o delegado.

Ante o exposto, o caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Itabaiana, a fim de serem tomadas as devidas providências.

Informações e foto: SSP/SE
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!
Twitter.com/CarlinoSouza

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

“Maníaco do sertão”: Estuprador já foi reconhecido por 10 mulheres em cidade nordestina

668bdc5ba351f61f9f2a297c09b4d9aeAntonio Leirton Candido Rodrigues, 23 anos, natural da cidade de Senador Pompeu, no estado do Ceará, já foi reconhecido por dez mulheres por crime de estupro – consumado ou tentado. Os delitos ocorreram no município de Quixeramobim e cidades vizinhas, na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Mas a Polícia acredita que o criminoso tenha feito outras vítimas no Ceará ou até mesmo em outros estados, por isso orienta que, caso alguém o reconheça, entre em contato com a Delegacia Municipal de Quixeramobim – para onde ele foi conduzido ao ser capturado. Leirton está preso desde o último dia 4 de agosto, quando foi abordado pela Polícia Militar.
De acordo com o delegado Salviano de Pádua, titular da delegacia de Quixeramobim, Leirton é considerado um “maníaco”. Ele já havia sido condenado por estupro no município de Pedra Branca e estava em liberdade no regime semiaberto. Para se aproximar das mulheres, o criminoso utilizava uma motocicleta como veículo e uma arma de fogo para ameaçar as vítimas. Ele as obrigava a subir na garupa da moto e as levava para um local deserto, onde era cometido o estupro. Quando não conseguia concretizar o delito, o suspeito roubava os pertences das pessoas e fugia.
Para agir, ele aguardava mulheres nas saídas de instituições de ensino ou locais de trabalho. O horário escolhido ficava entre a tarde e a noite. O rastro de violência deixado por Leirton passou por Quixeramobim, Pedra Branca e Acopiara. Além das dez vítimas que o reconheceram, a Polícia tem informações de outras seis estudantes que foram atacadas por ele na saída da escola. “Isso é o que nós temos conhecimento, mas podem existir mais casos”, salienta o delegado Salviano, alertando sobre a importância das vítimas comparecerem à delegacia para registrarem queixa contra ele.
Prisão
Na noite do dia 4, Leirton foi avistado pelo marido de uma de suas vítimas (estupro cometido no dia 30 de julho) em um posto de gasolina situado no Centro de Quixeramobim. Então, o homem informou o paradeiro do suspeito aos militares que patrulhavam pela área. Os policiais realizaram a abordagem ao infrator, que tentou fugir, mas logo foi interceptado.
Ele foi conduzido à Delegacia Regional de Quixadá, que é a plantonista da área, e autuado em flagrante por direção perigosa e resistência. O procedimento e o preso já foram encaminhados para a delegacia de Quixeramobim, que é a unidade policial da área onde ocorreu o fato. O capturado também vai ser indiciado no inquérito policial que investiga o estupro cometido no dia 30 de julho.
*Revista Central
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!
Twitter.com/CarlinoSouza

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Ex-prefeito de Ipecaetá(BA) é denunciado por desvio de mais de R$ 600 mil

O ex-prefeito da Ipecaetá, Ailton Souza Silva, foi denunciado pelo Ministério Público Federal por atos de improbidade administrativa. De acordo com o órgão, além do ex-gestor municipal, outras cinco pessoas, incluindo Fredson dos Santos, ex-procurador do município, são acusados de fraudar licitações com recursos oriundos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), no ano de 2010, causando prejuízo de R$ 623.279,70 aos cofres públicos.
Segundo o documento, quando ainda era prefeito de Ipecaetá, Silva cometeu irregularidades em processos licitatórios para favorecer Márcia Valéria de Brito Siade, José Pereira Macedo, Reny Barbosa de Santana e Girlon Batista Machado Gomes — todos donos de empresas de fachada para transporte escolar.
Conforme informações do MPF, os empresários não possuíam nem sequer veículos próprios ou funcionários para executar o serviço. “As empresas não têm capacidade técnica para participar da licitação”, afirmou o procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior, acrescentando que “são contundentes os indícios de que as empresas foram criadas com a intenção de fraudar licitações e desviar verbas públicas.” Foram realizadas, pelos gerentes, subcontratações para transportar os alunos — o que, de acordo com a legislação , é ilegal.
O ex-procurador de Ipecaetá, Fredson dos Santos, permitiu que as irregularidades ocorressem. “Ele era o responsável, no papel de advogado do município, por assegurar a legalidade dos contratos firmados pela prefeitura”, ressaltou o procurador.
O MPF quer o ressarcimento integral do dano; perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos; pagamento de multa civil; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!
Twitter.com/CarlinoSouza

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Polícia prende homem e recupera em oficina de Ribeira do Pombal, carro furtado em Coronel João Sá-BA

A Polícia Civil recuperou na tarde desta terça-feira (09/08), por volta das 15h00, em uma oficina localizada na estrada vicinal que dá acesso à fazenda Brejo de Cima, em Ribeira do Pombal/BA, um carro furtado durante um golpe na zona rural de Coronel João Sá/BA, a 120 quilômetros do município pombalense.
De acordo com informações, durante rondas, os policiais verificaram a procedência dos veículos que estavam na oficina, quando encontraram um GM Corsa, ano 2003 e modelo 2004, de cor branca e placa de identificação HZY 9849, com licença de Carira/SE, com restrição de furto. Em seguida, os agentes iniciaram uma investigação, que desvendou a procedência do veículo.
O automóvel foi furtado no povoado Macaco, em Coronel João Sá, há cerca de 30 dias, após um homem chegar a pé na casa de José Barbosa da Silva, oferecendo uma troca entre uma picape Mitsubishi L200 Triton e o GM Corsa de José.
Inicialmente, o bandido pediu R$ 7.000,00 (sete mil reais) para realizar a troca, porém, após a vítima informar que não possuía a quantia, o criminoso aceitou fechar o negócio, sem envolver valores. Entretanto, o homem pediu para realizar um test drive com o carro de José, afirmando que retornaria em seguida com a picape oferecida. A vítima aceitou o pedido e o bandido nunca mais voltou.
Durante a recuperação, a Polícia Civil realizou também realizou a prisão de Edinaldo Gama Souza, de 38 anos, proprietário da oficina onde o carro foi encontrado. Segundo Edinaldo, um homem teria deixado o veículo em sua oficina para realizar um conserto e desaparecido em seguida.

Edinaldo foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil da cidade acusado do crime de receptação, previsto no artigo 180 do código penal brasileiro, pois a vítima não o reconheceu como autor do golpe.
Gazetta do Mel
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

Paripiranga(BA) tem quatro candidatos a prefeito; veja quem são eles

Em Paripiranga, nas eleições deste ano, quatro grupos disputam 11 vagas na Câmara de Vereadores, a cadeira de prefeito e a de vice.

Quem será candidato a prefeito é Marco Antônio de Bizé (Marco Antônio Menezes de Carvalho), do PSD, atual presidente da Câmara Municipal de Paripiranga. A sua vice será Neide Carvalho, também do PSD, e a preferida dos partidários do prefeito. Ela é esposa do vereador Jerônimo de Brício – Líder do prefeito na Câmara.

Restava então à oposição, liderada pela viúva do Dr. José Carlos, dona Ivanúzia Andrade, juntar todos e formar a maior coalização de opositores da história do município. O problema já começou com a saída de Ivanúzia do PT. Esta separação foi fatal para o partido. Daí começaram as desavenças que acabaram por gerar três candidaturas com opositores, facilitando o caminho do prefeito George Ribeiro.

Uma das chapas será encabeçada pelo empresário Justino Neto (PV). Seu vice será Marcelo Sales, vereador do PT, que foi eleito em 2012 pelo PTB. O nome mais forte seria o do vereador Wilson do PT. A este restará retornar à câmara, com boas possibilidades para isso.

Outra chapa da oposição é liderada pelo advogado da família do Dr. José Carlos Patrick de Angelis, do PSDB. Seu vice será Bira de Gringo, PMDB, também advogado e casado com a vereadora Nany ou Geisilane Fraga, também do PMDB.


A última chapa será composta por Jorge de Manuel de Lúcio, do DEM, como candidato a prefeito. Seu companheiro de chapa será o empresário José Augusto, do PSL. Esta última chapa terá o apoio do ex-prefeito Carlinhos. 

Postado por Landisvalth Lima
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

domingo, 7 de agosto de 2016

Polícia prende dois jovens acusados de cometer duplo homicídio em Jeremoabo-BA

Dois jovens foram presos ontem (04) suspeitos de praticarem um duplo homicídio em Jeremoabo. A dupla é apontada como responsável pelos assassinatos de Adevaldo de Jesus Nascimento e Arí Santana Araújo, em um supermercado localizado na Avenida Luis Eduardo Magalhães, no último dia 22 de julho, próximo ao Terminal Rodoviário de Jeremoabo.
Conforme informações da Polícia Militar,foram presos Rafael de Jesus Silva, 21 anos e Erivan de Jesus Silva, vulgo “Grilo” 28 anos. Durante depoimento Rafael foi apontado com o autor dos disparos. “Grilo” deu como pagamento dois mil reais e um revólver para que Rafael cometesse o duplo homicídio.
Ainda segundo os criminosos, Adevaldo estaria ameaçando a mãe de Erivan por causa de uma herança de um homem identificado pelo prenome de Osmar que morreu e deixou três casas em São Paulo e uma aqui em Jeremoabo, próximo ao Hospital Municipal. A mãe de Erivan tem dois filhos com o falecido, por isso ela estaria reivindicando parte nas casas.
Ainda segundo os suspeitos, Ari foi atingido involuntariamente por estar próximo a Adevaldo na hora da execução. A dupla foi apresentada na delegacia de Polícia Civil em Paulo Afonso onde foi lavrado auto de prisão. Após serem ouvidos eles foram encaminhados para carceragem onde vão ficar à disposição da Justiça.

Jeremoabo Agora / Adalberto Moreno
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

sábado, 6 de agosto de 2016

Camaçari-BA: Caetano reúne mais de 15 mil pessoas em convenção


Governador Rui Costa também esteve presente no evento
O Clube Social ficou pequeno para a multidão que lotou o espaço para participar da “Convenção da Vitória”, que confirmou a candidatura de Caetano e Manuelina para a Prefeitura de Camaçari. O evento, considerado a maior convenção da história do município, reuniu mais de 15 mil pessoas, segundo os organizadores, na noite de ontem (5). Um dos pontos altos foi o discurso do governador do estado, Rui Costa, que declarou apoio irrestrito à candidatura de Caetano. Após enumerar vários investimentos que fará na cidade, Rui destacou que seu apoio a Caetano vai além da questão partidária: “Quero fazer uma transformação nessa cidade, mas para isso preciso de um prefeito parceiro, que cuide de gente, e o povo de Camaçari também precisa; um prefeito que seja competente, experiente, que tenha capacidade de inovar e que tenha sido testado e aprovado”, disse. “Pode dizer ao povo de Camaçari: eu vou lhe entregar a maternidade com 100 leitos em 2017, Caetano, e depois vou fazer a reforma do Hospital Geral para a população de Camaçari ter a saúde que ela merece”, complementou Rui, listando também investimentos em educação profissionalizante, implementação do Espaço Inovar e do Cimatec Industrial. Em seu discurso, Caetano destacou a diferença de pensamento entre ele e seus oponentes. “Meus adversários estão montando um time para disputar a eleição. Juntando todos os ex-prefeitos que estão do lado de lá, dá 28 anos que eles governaram nossa cidade e não trouxeram nada de novo para nossa gente. Eu pergunto a você cidadão, a você empreendedor e a você mulher: que oportunidades vocês tiveram com essa gente? Que oportunidades vocês terão?”, declarou Caetano. “Enquanto eles estão montando um time, nós estamos formando uma seleção com um povo para governar Camaçari”, endossou. Também marcaram presença o deputado federal Nelson Pelegrino, os deputados estaduais Luíza Maia, Bira Corôa, (ambos do PT) e Sidelvan Nóbrega (PBR) e a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria. Caetano conta com uma frente partidária de oito partidos (PT, PRB, PTN, PTC, PSD, PHS, PSL e PRP) e vai para as eleições com um “exército” de mais de 100 pré-candidatos a vereador, ou seja, pelo menos um em cada bairro, distrito ou povoado da cidade.

Política Livre

Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Pré-candidato a prefeito é preso por ofender adversária em 2012

O pré-candidato a prefeito de Ribeirão Preto (SP), Fernando Chiarelli (PTdoB), foi condenado a prisão pelos crimes de calúnia e injúria contra uma adversária na campanha eleitoral de 2012.
Naquele pleito, o político ofendeu a então candidata à reeleição Dárcy Vera (PSD), que acabou vencendo a disputa.
A prisão foi efetuada na última terça-feira (2). De acordo com a decisão do juiz Luís Augusto Freire Teotônio, Chiarelli excedeu aos limites da liberdade de expressão, atingindo a honra objetiva e subjetiva de Dárcy Vera, em uma entrevista do então candidato à EPTV, afiliada da Rede Globo na cidade.
De acordo com o site Consultor Jurídico, o crime de calúnia ficou caracterizado na afirmação de que Dárcy Vera, na condição de prefeita, possuía um esquema criminoso com a irmã, visando a venda ilegal de casas de Cohab.  As injúrias foram por chamar a rival de “desonesta”; de “pessoa que ostenta condenação por roubalheira”, “de criatura mardita”, segundo a denúncia, no sentido de “ave de mau agouro”.
Ao analisar os pedidos de condenação, o juiz concluiu que as ofensas não tinham caráter informativo. “Possuíam caráter mesquinho, de vingança privada, ódio, quiçá nutrido pelo fato da vítima, por ser suplente, ter ocupado sua vaga de vereador”, disse o juiz.

A pena foi fixada em 1 ano e 8 meses de prisão, em regime semiaberto, além de multa. A defesa recorreu da decisão e, em maio desse ano, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), seguindo parecer do Ministério Público, absolveu Chiarelli do crime de difamação, mas manteve a condenação por injúria e calúnia. Com isso, a pena foi reduzida para 1 ano e 13 dias de detenção em regime semiaberto.
G1
Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!