Bem Vindo ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Coronel João Sá-BAHIA,
Policiais do Núcleo de Inteligência (NI), da Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas, prenderam, no final da manhã desta segunda-feira (23), o promotor de Justiça Carlos Fernando Barbosa de Araújo. Ele foi localizado na cidade de Macapá, no estado do Amapá.
De acordo com o delegado do Núcleo de Operações em Inteligência (NOI) da Polícia Civil do Amapá, Sidney Leite, o promotor estava na casa de uma namorada no bairro Buritizal, na Zona Sul de Macapá. “A Polícia Civil de Alagoas entrou em contato no sábado [21] com o NOI informando da suspeita de o promotor estar no Amapá. Conseguimos chegar até ele no dia seguinte e efetuamos a prisão nesta segunda-feira”, disse o delegado.

A Polícia Civil do Amapá informou ainda que o promotor namorava com uma mulher no Amapá desde antes da sentença condenatória do Tribunal de Justiça de Alagoas. Ela não foi presa.

Carlos Fernando Barbosa de Araújo foi condenado a 76 anos e cinco meses de prisão pelo pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), em novembro do ano passado, por estupros e atentados ao pudor cometidos contra duas filhas e uma enteadas e, desde então, estava foragido.

O caso foi denunciado em 2006 pela mãe das vítimas, Elizabeth Rodrigues Pereira. O condenado era promotor da Comarca de Anadia e, à época das acusações, era da Vara da Infância e da Juventude da cidade. Carlos Fernando também foi condenado pelo crime de produção de pornografia infantil. 

A ação para localizar e prendê-lo foi determinada pelo secretário de Defesa Social e Ressocialização, Alfredo Gaspar de Mendonça. O trabalho foi coordenado pelo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira e acompanhado pelo promotor Antonio Luiz, coordenador do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc).

De acordo com o diretor do NI, delegado Fabrício Nascimento, a Polícia Civil já tinha tentado localizá-lo nos estados da Paraíba e Maranhão. Os policiais também cumpriram um mandado de prisão que havia contra ele, expedido também pelo pleno do TJ/AL.

Carlos Fernando Barbosa de Araújo será trazido para Alagoas pelos policiais civis assim que forem formalizados os procedimentos cabíveis para sua transferência.

Fonte: * Com Ascom PC e G1 Amapá
O complexo policial de Euclides da Cunha voltou a registrar uma nova fuga de presos nesse final de semana.

Três criminosos que se encontravam na carceragem do Complexo Policial Civil da cidade fugiram após serrarem a grade de uma das janelas de acesso ao lado externo do presídio. Segundo fontes policiais, um dos meliantes foi preso recentemente por receptação de um caminhão roubado, os outros dois ainda não tiveram os nomes divulgados.
Há pouco mais de três meses o xadrez da carceragem do Complexo Policial de Euclides da Cunha foi completamente destruído durante uma rebelião, colchões foram queimados e as celas foram completamente danificadas. A polícia está realizando buscas na tentativa de recapturar os fujões.
Portal de Notícias

Uma tragédia chocou a população da cidade de Huarmey, na costa do Pacífico, no centro-norte do Peru, nesta segunda-feira (23). A colisão entre dois ônibus, uma carreta e diversos veículos de passeio resultou na morte de 34 pessoas e 70 ficaram feridas. De acordo com informações das autoridades locais, publicadas pelo site G1, um ônibus e um caminhão bateram nos dois primeiros ônibus envolvidos no acidente.
É possível ver nas fotos a carcaça de um ônibus, na estrada peruana perto da cidade de Huarmey. Ainda de acordo com as informações das autoridades locais publicadas pelo G1, as investigações preliminares indicam que o motorista do ônibus, que atravessou para a pista oposta provavelmente adormeceu e essa seria a principal causa do acidente.
G1
Em seu perfil no facebook o artista lamentou o acontecido, declarando nunca ter vivido algo semelhante em seus 18 anos de carreira.
Na noite do último sábado (21) o cantor Antonio o Clone foi vítima de agressão por parte de um homem que prestigiava o show que estava acontecendo na cidade de São Cristovão. Antonio lamentou o ocorrido e declarou nunca ter passado por situação dessa natureza em seus 18 anos de carreira.
Em contato com a equipe de jornalismo do portal Itnet o ‘Clone' informou que o autor da agressão se envolveu em uma confusão na pista do evento e pulou para o palco, momento em que atingiu o artista com um chute jogando-o contra uma coluna.
Violão, notbooks, bateria, teclado e outros instrumentos da banda foram danificados e, por conta da ação de vandalismo, a festa teve que ser encerrada antes do previsto.
Em sua página no facebook Antonio postou a seguinte nota: "Diz o ditado que quando as coisas não estão bem o urubu de baixo caga no de cima, em 18 anos de carreira pela primeira vez vi algo louco e não pude fazer nada, um louco subiu no palco me deu uma pesada, me derrubou quebrando meu violão novo que comprei na última quarta-feira, derrubou teclados, bateria, notbooks, quebrou ipad, me deixou ferido por fora e mordido por dentro, Deus é mais, isso aconteceu em São Cristovão na noite desse sábado".
O causador do tumulto foi preso em flagrante.
Por Iane Gois / ITNET
Um prefeito no interior da Bahia é acusado de desviar R$ 1 milhão por mês. O Repórter Secreto do Fantástico foi até lá investigar. A história começa com a denúncia de um ex-secretário da prefeitura, que foi ameaçado por bandidos dentro da própria casa.
Três meses atrás, um homem foi denunciar uma prefeitura no Ministério Público. Precavido, ele tem câmeras de segurança na porta de casa e elas mostram o que aconteceu no dia 15 de janeiro depois que ele saiu para falar com os promotores. Na esquina, onde mora o homem que fez a denúncia, param um carro cinza e depois um vermelho. Do carro cinza, sai um homem. O carro vermelho manobra e entra na rua. O indivíduo olha pro carro vermelho e faz um sinal com a mão.

“Olha ele apontando a casa aqui”, diz o homem que teve a casa invadida ao ver as imagens das câmeras de segurança.

O dono da casa ameaçada se chama Alberto Magno e é ex-secretário de Administração de Itaberaba, no interior da Bahia.

Ele rompeu com o prefeito e está botando a boca no trombone. Os marginais chegam à casa dele, enquanto Alberto está no Ministério Público. O Alberto combinou com os promotores dia e hora para apresentar documentos guardados na casa dele, que comprovariam um grande esquema de corrupção na prefeitura.

Segundo o ex-secretário, o desvio é de R$ 1 milhão por mês. Por isso, o Repórter Secreto do Fantástico, Eduardo Faustini, foi à Itaberaba para perguntar: “Cadê o dinheiro que tava aqui?”

Em outro momento da gravação, o carro vermelho e o homem do início dessa história se foram. Mas chegam outros dois homens, um deles com capacete de motoqueiro. “Ele não veio de moto, botou o capacete só pra esconder o rosto. Toda hora ele levanta o capacete, o capacete estava incomodando, e dentro de casa ele levantou também”, descreve Alberto Magno. Os homens se aproximam da casa. “Essa é a chegada dos marginais na porta, chamam minha esposa”, ele continua a explicar as imagens.

Assim que a mulher do Alberto abre portão da casa, a dupla força a entrada e o sujeito do capacete mete a mão na cintura, em um sinal claro de que está armado. “Já veio ele sacando a arma, o outro saca a arma também dentro de casa. Todos os dois estavam armados”, conta o ex-secretário.

Além de dona Cleidinéia, mulher de Alberto, estão em casa a mãe dele e a filha do casal, que tem 9 anos. A filha tenta correr para o quarto, mas um dos marginais aponta a arma para ela. Apavorada, a menina para. Os bandidos então perguntam onde estão os documentos. “Estão no quarto”, diz dona Cleidinéia de Souza cruz, dona de casa.

“Aí eles vieram, eles abriram aqui, pegaram os documentos, que estavam todos aqui. Hoje eu coloquei os sapatos, algumas coisas. Saiu com a mão cheia de documentos, e saiu correndo. Abriram o portão e saíram”, descreve Cleidinéia.

Os bandidos levam todos os documentos que Alberto tinha reunido pra entregar às autoridades. “Eu comecei a guardar alguns documentos que me blindassem, quando vi irregularidades, noticiava e comecei a ser retaliado em função disso”, relata Alberto.

Segundo Alberto, gente da prefeitura sabia que ele tinha documentos comprometedores guardados em casa. Alberto Magno trabalhou seis anos como secretário de Administração, no primeiro e no segundo mandatos do atual prefeito, João Filho, do PP. Ele afirma que bens foram afanados da prefeitura em 2013.

“Foram 153 itens e materiais, incluindo desde diversos aparelhos de ar-condicionado splinter, geladeiras verticais, bebedouros. Um dia eu liguei para o fornecedor, o fornecedor me disse simplesmente o seguinte: ‘não devo nada ao senhor prefeito, isso tudo foi entregue, foi entregue na fazenda dele’. Aí veio cair a ficha”, conta Alberto Magno.

Alberto faz mais acusações. Segundo ele, a prefeitura fraudou licitações e usou uma cooperativa, chamada Coope, para desviar dinheiro da Saúde.

“Aqui nós temos diversas cópias de cheques, da cooperativa, de pessoas fantasmas, pessoas que não prestavam nenhum tipo de serviço à prefeitura”, afirma o ex-secretário.

O repórter secreto localizou uma ex-funcionária da Coope. Ela está colaborando com o Ministério Público e pediu para não ser identificada. “Eu trabalhei lá quase três anos e pude notar muitos desvios de dinheiro”, ela conta.

Fantástico: Você tem ideia do montante por mês?
Ex-funcionária: Talvez uns R$ 150, R$ 200 mil, mensalmente.

Segundo ela, parte desse dinheiro ia para Maria José Novais, que foi secretária de Saúde e hoje é vice-prefeita de Itaberaba. “Eu mesma era quem ia entregar. Na época, ela era secretária de Saúde. Hoje ela é vice-prefeita de lá”, diz. E ela afirma que a grana ia também para irmã do prefeito, Marigilda Mascarenhas. Marigilda, quem diria, é secretária de Governo do irmão. “Quem retirava era o motorista de Marigilda”, afirma a ex-funcionária da Coope.

O repórter Eduardo Faustini foi à prefeitura confrontar os envolvidos. A vice-prefeita Maria José Novais está viajando e não retornou os recados deixados pelo repórter. Marigilda Mascarenhas, secretária da Prefeitura e irmã do prefeito, referindo-se a si mesma pelo próprio nome, nega ter recebido dinheiro sujo: “não, com certeza não é Marigilda.”

Já o prefeito de Itaberaba-BA, João Filho, diz que tudo não passa de política. “Tudo isso aí que está acontecendo na verdade é uma manobra política”, conta.

Ele diz também que o trabalho da cooperativa Coope foi perfeitamente legal. “Ela trabalhava de uma maneira transparente, recolhendo todos os seus encargos tributários, e pagando os seus funcionários sempre em dia”, defende o prefeito de Itaberaba - BA João Filho.

O Ministério Público Federal e o Estadual estão investigando tudo, junto com a Polícia Federal. O Departamento Nacional de Auditoria do SUS, o Denasus, foi chamado para passar um pente fino no contrato da prefeitura com a cooperativa.

“O Denasus constatou que, no âmbito desse contrato, tinha vaqueiros contratados, copeiros contratados, pedreiros contratados, vigilantes e cozinheiros. Profissionais sem qualquer vinculação com a área de Saúde”, diz Claytton Ricardo de Jesus Santos, procurador da república-BA.

O Ministério Público Federal quer que a prefeitura reponha R$ 229 mil na área da Saúde. E o Denasus pede a devolução de R$ 373 mil. Outras investigações do Ministério Público apontam para licitações fraudulentas também no transporte escolar. Já a investigação do roubo dos documentos na casa do Alberto não andou muito.

“O vídeo, apesar de ser possível identificar as pessoas, é necessário ter um conhecimento prévio sobre essas pessoas, o que não cabe à autoridade policial. A gente tem que ter uma isenção necessária antes de fazer um pré-julgamento”, diz Jean Silva Souza, delegado da Polícia Civil – BA e responsável pelo caso.

Isso quer dizer que os bandidos foram identificados, mas ninguém foi preso ainda, mais de três meses depois do assalto a mão armada. Resultado: a família do Alberto vive com medo.

“Minha filha dorme com a gente na cama de casal, e meu filho dorme no colchão no chão, porque só se acham protegidos junto com os pais”, conta Alberto Magno, ex-secretário de Administração de Itaberaba-BA.

Enquanto isso, os moradores da localidade conhecida como "bonde das casinhas", reclamam da saúde e também do saneamento. Em um rasgo, que parece um valão, deveriam estar os canos para abastecer o bonde das casinhas.

“Sem rede de esgoto, sem água, os filhos da gente caindo dentro, os filhos da gente pegando bactéria. A gente não usa banheiro, só usa pra tomar banho”, conta uma moradora da região.

Então como é que faz? “O pessoal faz as necessidades em sacola e joga no mato. A gente pega água no instituto ou no posto policial”, ela continua.

Até as crianças pegam no pesado para ter água em casa. O futuro do Brasil carregando na cabeça a água da bica da escola. Por isso, senhor prefeito e outras autoridades envolvidas, o repórter secreto pergunta: ‘Cadê o dinheiro que tava aqui?”

Reportagem do Fantástico 
Um homem de 32 anos é suspeito de matar a mulher, de 30, na fazenda do cantor Amado Batista, em Goianápolis, na Região Metropolitana de Goiânia. O corpo foi encontrado na manhã desta sexta-feira (20) em uma mata entre a propriedade rural e a BR-060. Segundo a Polícia Civil, o homem, que é caseiro da fazenda, confessou o assassinato.
Procurada pelo G1, a assessoria do cantor Amado Batista não atendeu às ligações até a publicação desta reportagem.
O crime aconteceu na quinta-feira (19). Após ser acionada por advogados da fazenda, a Polícia Rodiviária Federal (PRF) se dirigiu ao local. Ao ser abordado, o caseiro disse que a mulher havia viajado ao Tocantins. Os policiais vistoriaram o imóvel e desconfiaram ao encontrar pertences da vítima. Então, ele foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Anápolis, a 55 km de Goiânia.
De acordo com a delegada responsável pela ocorrência, Maisa Pesarini, o homem confessou o crime em depoimento. O suspeito informou à polícia que bebeu durante toda a tarde acompanhado da mulher. Natural de Conceição do Araguaia, no Pará, a vítima decidiu que queria ir embora da fazenda e voltar para o norte do país, conforme depoimento do suspeito.
Em seguida, o caseiro a levou na motocicleta até a rodovia para que a mulher pegasse uma carona. No entanto, eles discutiram pela propriedade do veículo. “Ela queria levar a moto com ela e ele não quis deixar. Eles discutiram e ele acabou dando uma gravata nela e a assassinou”, informou a delegada.

Após o crime, o homem escondeu o corpo da mulher na mata. O suspeito segue preso em Anápolis.Suspeito e vítima eram casados há 6 anos. Segundo a polícia, o homem trabalhava há seis meses na propriedade rural.

As informações são do G1/GO
Mais um crime que pode ter sido passional termina com a morte de uma mulher de 30 anos. Um assassinado registrado no município de Poço Verde chocou os moradores do conjunto Valadares, devido ao requinte de crueldade com que foi praticado.

Um homem assassinou na noite desta quinta-feira (19), com requinte de crueldade a ex-companheira, Edimária Rocha Silva Brito, 30 anos, dentro da residência onde supostamente vivia o casal.

As informações são de que o suspeito teve uma grande discussão com Edimária na noite de ontem e por conta disso, de posse de uma faca, ele desferiu diversos golpes no corpo da companheira e ao final deixou a faca cravada em sua boca.

Edimária não resistiu aos ferimentos e morreu no quintal da residência. O companheiro da vitima, principal suspeito de ter cometido o assassinato fugiu tomando rumo ignorado.

O corpo de Edimária Rocha Silva já foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal, em Aracaju.

Gata Amarrada


Cerca de 10 homens armados com fuzis e metralhadoras explodiram dois caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal, queimaram uma viatura da Polícia Militar e trocaram tiros com policiais em Saubara, a 151 km de Serrinha, na madrugada desta quarta-feira (18). 

Antes da ação, eles ainda atiraram contra um posto policial. Segundo informações da 20ª Companhia Independente da PM (CIPM), os suspeitos chegaram à cidade por volta das 3h e se dividiram.

Após a ação criminosa que durou cerca de 20 minutos, os suspeitos esvaziaram pneus de três carros que estavam estacionados no centro da cidade e incendiaram uma viatura da Polícia Militar. Um veículo usado pelos assaltantes também foi abandonado e incendiado na BA-210. Ninguém ficou ferido. Até por volta das 9h30, ninguém havia sido preso.


Quadrilha queima carro da Polícia Militar após explodir caixas em Saubara

Este que é meu primeiro mandato como parlamentar, tenho me destacado nesta casa por projetos de extrema relevância à minha cidade, dentre eles não podemos esquecer de: “Requerimento que visa emplacar e enumerar as casas do município”, “projeto que visa implantar uma torre com antena de repetição de sistema de telefonia celular e rádio no povoado Gasparino”, “projeto que  dispõe sobre a limpeza de terrenos  baldios,   casas em construções abandonadas ou desocupadas localizadas no perímetro urbano”,  “ legalização do sistema de moto-taxi de Coronel João Sá”, todos discutido, votados e aprovados!  Gostaria de ser lembrado pela minha contribuição enquanto parlamentar, não apenas por uma nota, que deveras aponta ama vertente da história, que no momento apenas respondi a uma calúnia,  deferida pelo parlamentar posto como vítima!   

E-mail enviado por: Vereador Ricardo Almeida, Povoado Gasparino, Cel João Sá
O deputado federal Tiririca (PR-SP) e o diretório regional do PR foram condenados por parodiarem a canção “O Portão”,  de Roberto e Erasmo Carlos. A música foi usada na campanha eleitoral do deputado em 2014 e foi questionada pela gravadora Emi Songs do Brasil Musicais LTDA., detentora dos direitos patrimoniais da composição.

Na campanha, Tiririca substituiu o famoso verso “Eu voltei, agora pra ficar. Porque aqui, aqui é meu lugar” por “"Eu votei, de novo eu vou votar/ Tiririca, Brasília é o seu lugar". Na ação, a EMI pediu R$ 30 mil em indenização.

Segundo a decisão judicial, os réus ficam proibidos de utilizar a obra em seus anúncios eleitorais, além de terem que pagar pelo uso indevido. Além disso, os condenados tiveram que pagar as “despesas processuais e honorários advocatícios”, arbitrados em 10% do valor da condenação.

O deputado Tiririca foi reeleito deputado federal de São Paulo com mais de 1 milhão de votos. A decisão ocorreu em primeira instância e cabe recurso.

Terra
O apresentador Nader Khalil, da Band Santa Catarina, se envolveu em uma briga com uma delegada durante uma festa na praia de Jurerê Internacional, na noite de sábado (14). 

Jucinês Dilcinéia Ferreira, da comarca de Capivari de Baixo (a 131 quilômetros de Florianópolis), deu voz de prisão a Khalil após o jornalista lhe chamar de vagabunda durante uma festa.
“Minha amiga parou e perguntou a um pedestre onde ficava o lugar para o qual iríamos. Ele virou as costas, olhou para mim e falou: ‘Não dê informação para essa vagabunda'”, contou a delegada. 
O motivo da resposta agressiva seria o fato da policial ser ex-namorada de uma amiga do apresentador. Jucinês disse ainda que foi agredida pelo rapaz.
Na delegacia da praia dos Ingleses, responsável por Jurerê Internacional, os policiais registraram um boletim de ocorrência contra o apresentador por crime de resistência à prisão. Ele assinou um termo circunstanciado, para crimes leves, e foi liberado. Uma audiência que decidirá a pena a ser cumprida por ele foi marcada para 15 de maio.
Ex-Record, recentemente contratado pela Band, Khalil começaria ontem (16) a apresentar a edição local do Brasil Urgente. A estreia foi cancelada, mas a Band nega qualquer relação com a briga entre apresentador e a delegada. 

Jornal o Dia
A reunião da Câmara de Vereadores de Coronel João Sá/BA, da última terça feira, dia 17/03, ficará marcada pela baixaria de um dos seus representantes.  Na tentativa de humilhar seu colega de parlamento, o vereador Ricardo Almeida Ribeiro (PSD) faltou com respeito quebrando o decoro parlamentar usando da palavra para ofender o vereador Jose Iran Alves Oliveira (PMDB) chamando-o de “Analfabeto” A origem da confusão aconteceu quando os vereadores discursaram na tribuna. O vereador Ricardo desqualificou Iran afirmando que o mesmo não sabia ler e não estava preparado para o cargo.

A mesa diretora da Câmara de Vereadores, através do seu presidente, Renato José Ribeiro, anunciou ao blog do Carlino Souza que será tomada as providencias cabíveis podendo chegar a um afastamento temporário do vereador Ricardo Almeida Ribeiro (PSD) por trinta (30) dias sem remuneração. A medida aliviará a revolta da opinião pública em relação ao ocorrido na manha da ultima terça feira 17/03.

Da redação, Blog do Carlino Souza
O PT deve, desde junho de 2014, mais de R$ 6 milhões em contratos não quitados com empresas que prestaram serviços para as campanhas do grupo na Bahia durante a eleição de 2014. De acordo com denúncia enviada ao Bahia Notícias, entre as empresas que receberam o calote estão a Pipa Comunicação Visual, a Pool Empreendimentos Comerciais e a Servgraf Crachas Serviços Comercias. Os contratos, que foram firmados para terceirizar serviços como distribuição de panfletos e outras peças publicitárias, estão em valores que vão de R$ 750 a mais de R$ 480 mil e as notas fiscais constam na prestação de contas da campanha do PT) ao Tribunal Superior Eleitoral. Segundo um dos interlocutores dos credores, a dívida foi repassada da campanha ao diretório estadual do partido, porém, entre idas e vindas, não existe uma definição sobre o pagamento. “Não sabemos a quem recorrer. No começo era o Carlos Martins e agora dizem que é o Cícero Monteiro (atual chefe de gabinete do governador Rui Costa). Ele marca e desmarca as reuniões. É muita pressão e os impostos já foram cobrados”, lamentou. A dívida pode chegar a R$ 9 milhões, segundo o interlocutor, que apresentou uma planilha de levantamento dos débitos da campanha com fornecedores. A campanha do PT custou R$ 45 milhões, porém arrecadou cerca de R$ 32 milhões. Em situações como essa, o partido herda as dívidas, que devem ser pagas para regularização da legenda junto à Justiça Eleitoral.

BN



A marreta que teria sido usada pela manicure de 25 anos para golpear e matar a adolescente Bruna Karolina Fernandes Guiaro, de 15 anos, na última sexta-feira (13), foi encontrada pela polícia neste domingo (15) dentro de uma cisterna no terreno da casa da suspeita, no município de Querência, a 912 km de Cuiabá. O delegado da Polícia Civil Michael Mendes Paes, que investiga o crime, informou que, além da ferramenta, a suspeita também jogou o celular da vítima no poço depois de assassiná-la para ficar com o bebê dela, uma menina recém-nascida.
A família da vítima contou que a adolescente tinha conhecido a mulher em um posto de saúde da cidade havia dois dias antes da morte. A manicure, que fingia estar grávida para o marido e familiares dela, disse que tinha ganhado muitas roupas em um chá de bebê e que queria doar parte delas para o bebê da adolescente. “A minha filha contou que tinha conhecido essa mulher e que iria na casa dela para tomar um chá e ver essas roupas, mas a nenê nem precisava”, disse o pai de Bruna, Gilberto Alves Guiaro.
A adolescente morava com o marido e a filha em uma casa nos fundos da residência dos pais. Como ela tinha avisado aos pais onde iria, a polícia conseguiu chegar até a suspeita do crime. Porém, após matar a mãe, roubar a criança de duas semanas e deixar o bebê com um vizinho, a manicure ainda foi até a casa da família da vítima e falou que a jovem teria combinado de ir até a casa dela, mas que não tinha ido.
marretabruna346.jpg
“Os pais acionaram a polícia e lembraram que tinham visto a vizinha na casa da suspeita mais cedo. Quando os investigadores chegaram na casa dessa vizinha, já encontraram o bebê, que foi reconhecido pelos avós”, contou o delegado. Depois disso, os policiais foram até a casa da manicure e encontraram o corpo da adolescente dentro de sacos de lixo. Os sacos estavam amontoados junto com outros sacos de lixo.

A mulher então confessou o crime e alegou que fez tudo para ficar com o bebê. Já tinha completado os nove meses do período que ela tinha dito que estava grávida, mas, como ela sabia que não esperava bebê nenhum, planejou todo o crime para ficar com a criança, segundo o delegado. A suspeita já tinha planejado de ir para uma fazenda onde a mãe dela mora. “Ela já tinha falado para o marido que quando ganhasse a criança iria para a casa da mãe, porque não tinha ninguém que pudesse ajudá-la com o bebê. Ela iria antes mesmo de avisar o marido e depois entraria em contato com ele por telefone”, disse Mendes Paes.
Após ser presa pelo assassinato da adolescente, a manicure foi encaminhada para a Cadeia Pública de Água Boa, a 736 km da capital. Não existe indícios de que ela teria contado com a ajuda de outra pessoa para cometer o crime. À polícia, ela disse ter dado vários golpes de marreta na cabeça da vítima no momento em que a adolescente ouvia música no celular com um fone de ouvido. Ela estava de costas quando foi atingida. A moradora então lavou o lençol para tentar evitar que fosse descoberta e colocou o corpo no saco de lixo. 
(As informações são do G1/MT)

A política parece não estar tão distante quanto se parece! No município de Sítio do Quinto, o clima é de racha, desordem e bagunça na administração do prefeito Cleigivaldo. A palavra acerto passa muito longe do dicionário político.

Já é dado como certo o rompimento de Jair dos Correios e o atual prefeito Cleigivaldo. A verdade é que politicamente ambos nunca se simpatizaram politicamente  e que somente em 2012 quando ocorreu as eleições naquela época a dupla resolveu lançar a chapa pela coligação Competência e Trabalho tem Nome, onde obtiveram uma expressiva votação em cima da rejeição do nome de Gelson da Jiboia(PTN). 

A decisão do rompimento foi tomada tendo em vista o não cumprimento dos compromissos assumidos por Cleigivaldo durante as campanhas políticas. Crise, abandono e desordem na administração seria também um dos grandes motivos para vice andar chateado e desmotivado se manter na chapa do grupo de Cleigivaldo.

A redação do Blog Carlino Souza, Jair dos Correios, não confirmou o rompimento, mais fontes fidedignas ligadas ao vice-prefeito dão conta de que a relação entre Cleigivaldo está azeda e vai de mal a pior. O fato é que 70% dos processos que tramitam na justiça contra Cleigivaldo, uma carrada desses números foram acionadas por Jair dos Correios quando era opositor a Cleigivaldo.

Aliados de Cleigivaldo revelam que o gestor não tem interesse em manter Jair como vice-prefeito  de seu sucessor para uma disputa em 2016. Ainda segundo fonte, o nome de Gelson é o mais cotado para assumir o lugar de Jair. 

Morador de Simão Dias(SE) e Paripiranga(BA) atual prefeito de Sítio do Quinto não reside na cidade desde que assumiu segundo mandato para o executivo. Gestor reaparece em Sítio do Quinto, uma vez ou outra afirma populares e vizinhos. “Aqui ninguém vê este homem. Nem aqui nem na cidade Tinguí”, ironizou uma cidadã. Fontes mais próximas a Cleigivaldo revela que o gestor nega a escolha do nome para sucessão e que tão pouco o prefeito está pensando e preocupado com política, más nomeações de funcionários, demissões e perseguições políticas por parte daqueles que não lhe seguem tem sido grande revelou a fonte.

Um dos nomes que se ventila nos bastidores para sucessão de Cleigivaldo é nome do tesoureiro da prefeitura, Márcio Emerson. Ainda não é uma informação oficialmente concreta, mas sabe-se que Márcio é o único nome de confiança do prefeito Cleigivaldo e que o mesmo vem se propagando como possível pré-candidato por onde chega.

Bruno de Valquiria e Marcio Emerson.

Procurado pela reportagem do Blog Carlino Souza, Bruno de Valquiria, descartou a possibilidade de uma pré-candidatura e dobradinha com Márcio Tesoureiro. “Nunca fui candidato, nem pretendo ser. Nem mesmo quando Cleigivaldo estava no sucesso. Por quê agora eu vou arriscar uma candidatura e jogar o que construir a anos em um jogo político. Pedi desfiliação do PTC e entreguei partido justamente para não haver suspeitas de que possa ser pré-candidato". Bruno ainda acredita que Jair e Gelson não combinam, pois segundo ele, nenhum nem outro chegam ao um consenso, o que pode garantir vitória a sucessão do candidato a prefeito apoiado por Cleigivaldo, acredita Bruno.

A redação tentou contato com Marcio Emerson, por diversas vezes e sem sucesso não obteve êxito nas mensagens e ligações efetuadas. Ao Blog do Carlino Souza, Gelson da Jiboia declarou: “De lá eu vim e pra lá eu não quero voltar. Não aceito ser vice-prefeito de uma pessoa que nunca foi político. Porquê tenho que ser vice de Márcio Tesoureiro? Porquer? indagou Gelson. Fui oposição e serei oposição, desabafou, Gelson. O Jiboieiro ainda revelou que é pré-candidato a prefeito para as próximas eleições e que aceita uma pesquisa de opinião pública para avaliar o grau de satisfação do seu nome para com a população. "Não tenho ambição e o melhor nome que sair na pesquisa tem o meu apoio", finalizou Gelson.

Jair e Gelson

Nunca tiveram tão próximos como nos últimos dias. Já é dado como certo uma ruptura política de Jair com Cleigivaldo. O fato é que Rosana, esposa do vice-prefeito, já confirmou a candidatura de seu esposo Jair para amigo(as) mais próximos. Por outro lado, Jair já declarou a redação do Blog que é pré-candidato a prefeito e não teme a represálias. Disposto a encarar o poderoso chefão, Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa, Jair já se articula nos bastidores onde participa de encontros e reuniões secretas com os próprios aliados de Cleigivaldo e base de oposição.

A união de Gelson e Jair depende tão somente do consenso político de ambos, uma vez que o desejo de sentar na cadeira de prefeito do pacato município de Sítio do Quinto vai além do desejo, imaginação e poder.

Vereadores Revoltados.

Problemas no relacionamento é o que não falta na gestão de Cleigivaldo. Vereadores da base governista estão chateados com o prefeito pela falta de dialogo e atenção para com o grupo. Se fala nos bastidores que Jair não sairá só e que o mesmo possa levar até três (3) vereadores de situação com ele. Enquanto Jair se blinda e articula-se contra Cleigivaldo, Gelson da Jiboia, segue sua caminhada sozinho e isolado com nome em baixa popularidade. 

Cristina Damacena

A redação do Blog, Cristina Damacena, revelou seu anseio e manifestou que pretende disputar uma possível candidatura. Ela diz que se sente preparada e disposta a encarar os desafios do município. Seu esposo Marcelo Gama(PT) não foi localizado para falar sobre o assunto. Mas o que se comenta que ele está mesmo disposto a entrar para fazer vingança política contra Cleigivaldo. 

Grupo da Sucata

Grupo se reúne no povoado Razinho, no próximo dia 28 março com o democrata, Deputado Federal, José Carlos Aleluia(DEM), para discutir assuntos políticos relacionado ao município. Estará presente no ato político o prefeito de Coronel João Sá(BA), José Romualdo Souza Costa(PSD) cujo gestor também tem base política em Sítio do Quinto.

Na próxima semana estaremos realizando uma serie de entrevistas com os nomes acima citados. Aguardem!

Da redação, Carlino Souza - O Primeiro. Sempre!