Grave batida entre carreta e micro-ônibus deixa 6 mortos e 23 feridos na BR-242 em Seabra-BA

Uma grave batida entre uma carreta e um micro-ônibus deixou ao menos seis mortos e 23 feridos na BR-242, no perímetro urbano da cidade de Seabra, região da Chapada Diamantina, na Bahia. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Conforme informou a PRF, outros dois veículos de passeio foram atingidos pelo caminhão, que não conseguiu parar após bater no micro-ônibus. A polícia disse que o micro-ônibus saiu de Goiás com destino a cidade baiana de Senhor do Bonfim.

De acordo com a polícia, o acidente ocorreu por volta 9h, na entrada da cidade. À polícia, testemunhas relataram que a carreta, que saiu de Barreiras, no oeste da Bahia, perdeu o freio e acabou colidindo no ônibus.

“A provável causa do acidente foi falha mecânica. A carreta colidiu na lateral do micro-ônibus e mais dois veículos. O micro-ônibus tinha capacidade para 22 passageiros mais o motorista”, explicou o agente da PRF em Seabra, Glauber Nunes.

Entretanto, a polícia ressaltou que as causas do acidente só poderão ser apontadas quando houver perícia. Equipes da polícia técnica foram encaminhadas ao local.

Por conta do acidente, os veículos ficaram destruídos. O micro-ônibus perdeu o teto com a força da batida e o caminhão ficou sem a cabine. Os objetos dos passageiros ficaram espalhados pela rodovia, assim como as sacas de floco de milho que eram transportadas na carreta.

Tanto o motorista da carreta quanto do micro-ônibus sobreviveram. Eles e os demais feridos foram encaminhados para o Hospital Regional da Chapada, também em Seabra. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

A Polícia Civil informou que os corpos dos mortos devem ser encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê e Itaberaba.

G1 BA

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.