Polícia monta forte esquema de segurança na escolta de ciganos envolvidos no assassinato do policial 'Bonfim' em Jeremoabo-BA

No final de novembro de 2017, cinco mandados de prisão temporária foram cumpridos contra eles, que estavam na cidade de Castanhal, escondidos numa kitnet. A 18ª Coorpin acompanhou tudo
Operação de Escolta de Presos do Aeroporto de Paulo Afonso Bahia para o Presídio Regional da cidade, sob comando do Delegado de Polícia Civil Leon Nikas e Investigadores da Polícia Civil, Policiais Plantonistas, Policiais dos Serviços de Investigações da Polícia Civil,  Regional e Territorial.
O forte esquema de segurança montado pela Polícia Civil, foi devido a transferência dos três  presos  (pai e dois filhos). vindo do Estado do Pará onde estavam presos, para a cidade de Paulo Afonso-BA. Esses presos foram os Ciganos acusados do homicídio do Policial Militar na cidade de Jeremoabo-BA.
RELEMBRE O FATO: (AQUI)

Dois ciganos, um deles identificado como Lwillys Messias da Silva, 24 anos, e outro, de prenome Vinícius, morreram na madrugada desta sexta-feira (3/11), após participarem da morte do soldado PM José Bonfim Lima, na cidade de Jeremoabo, a 396 quilômetros de Salvador.



Outros cinco ciganos foram presos e, com eles, seis armas apreendidas, incluindo a do policial. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA), um desentendimento entre o militar e ciganos se iniciou em um bar. Houve luta corporal e a arma do PM foi tomada. O policial foi até a sua residência, pegou outro armamento e voltou ao bar.
Nesse momento, ocorreu uma troca de tiros que terminou com o soldado e um cigano mortos. Equipes da PM foram acionadas e ainda no bar entraram em confronto com os outros ciganos envolvidos na discussão. Um dos autores da morte do soldado foi atingido e não resistiu aos ferimentos. A Secretaria da Segurança Pública determinou reforço policial na região e se colocou à disposição da família do soldado, pertencente ao 20º Batalhão de Polícia Militar.
Lwillys chegou a ser socorrido pelos companheiros ao Hospital Municipal de Jeremoabo, de onde foi transferido para o Hospital Nair Alves de Souza. Porém, não resistiu. Já Vinícius morreu após dar entrada no hospital da cidade. 

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.