Seja bem-vindo(a) ao Portal Carlino Souza, A Maior fonte de informação do interior do Estado da Bahia.  Coronel João Sá-BA,

Homem é condenado a 60 anos de prisão por duplo homicídio em Campo Formoso-BA


O Tribunal do Júri da comarca de Campo Formoso condenou na quarta-feira (28) Walisson Michel de Oliveira Santana, de 22 anos, a 60 anos, 8 meses e 16 dias de prisão, em regime inicial fechado, pelos crimes de duplo homicídio qualificado e tentativas de homicídio qualificado.

A denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) foi sustentada pela promotora de Justiça Joseane Mendes Nunes, que detalhou o crime ocorrido em novembro de 2017, e a sentença foi proferida pelo juiz Francisco Pereira de Morais. O Júri encerrou as 18 sessões plenárias realizadas na comarca neste mês de novembro.

Segundo a denúncia, os crimes foram praticados mediante disparos de arma de fogo, nas proximidades de um bar de Campo Formoso. No dia 25 de novembro de 2017, Walisson efetuou disparos contra João Pablo Souza, Júnior Santos Silva, Alexandre Júnior Martins e Vitor Alberto Carvalho. Os tiros foram disparados em circunstâncias que impossibilitaram a defesa das vítimas, sendo que os dois primeiros faleceram imediatamente e os outros dois ficaram gravemente feridos.

Também conforme a denúncia, Walisson Santana chegou a fazer postagens em rede social, enviando recados e debochando dos crimes. Ele teria desafiado inclusive a polícia a lhe prender. O réu foi preso em Simões Filho três dias após os crimes e aguardou o julgamento detido no Conjunto Penal de Juazeiro.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.