Seja bem-vindo(a) ao Portal Carlino Souza, A Maior fonte de informação do interior do Estado da Bahia.  Coronel João Sá-BA,

Heineken inaugura na Bahia primeira linha de produção da marca no Nordeste


Com investimentos de R$ 135 milhões, a Grupo Heineken no Brasil inaugurou a primeira linha de produção da marca no Nordeste, quarta do país, nesta sexta-feira (30), em Alagoinhas. O empreendimento gerou cerca de 1 mil empregos, diretos e indiretos na região. O governador Rui Costa e a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Luiza Maia, participaram da solenidade.
“Mais investimento significa mais emprego, principalmente quando está agregando a imagem de uma cerveja reconhecida mundialmente pela qualidade, que agora passa a ser produzida na nossa Bahia. Aproveito para solicitar ao grupo, dentro do planejamento de investimentos, que continue a olhar com carinho para a Bahia, considerando aporte na produção de água mineral e sucos, afinal, a Bahia é um dos produtores de frutas do Brasil e também o estado que possui o maior número de agricultores familiares do território nacional”, disse o governador.

Para a secretária Luiza Maia, a nova fábrica da Heineken, além de elevar o nome do estado, por produzir uma cerveja famosa mundialmente, também traduz o esforço do governo em atrair grandes investimentos para o interior do estado. “Regionalizar a industrialização na Bahia é muito importante, pois levamos desenvolvimento, emprego e renda para várias partes do estado”, reforçou.
A nova linha da cervejaria, de acordo com Marcelo Jorge de Araújo, Diretor da unidade em Alagoinhas, acompanha o crescimento do mercado de cervejas Premium, liderado pela marca Heineken: “O Grupo Heineken no Brasil tem o compromisso de atender o mercado brasileiro com cervejas de alta qualidade e sua estratégia de operação acompanha o crescimento do mercado e favorece a logística, em especial na região Nordeste”.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.