Colisão entre carro de passeio e carreta deixa um morto e três feridos no Distrito de Jorrinho em Tucano-BA

Um homem morreu e outras três pessoas ficaram feridas, na noite de segunda-feira dia (12), após uma colisão, envolvendo um Fiat Uno com placa de Araci- Bahia , colidir em uma carreta com licença de Minas Gerais, na BR – 116/ Norte, em Tucano- Bahia. O acidente aconteceu por volta das 18h15min, nas proximidades de um posto de combustíveis, no Distrito de Jorrinho.
Segundo informações da Polícia Militar, o carro de passeio seguia no sentido contrário da rodovia,quando se chocou com a carreta. Gravemente feridos, os ocupantes do Fiat Uno, foram socorridos para a emergência do Hospital Municipal Mariana Penedo (HMMP), onde receberam os primeiros atendimentos  médicos, por parte da equipe de plantão.
Natural da cidade de Quijingue – Bahia, O condutor do veículo, Agnaldo Pereira da Silva de 53 anos, que reside em Caldas do Jorro,Distrito pertencente ao município de Tucano, foi transferido para o Hospital Cleriston Andrade, em Feira de Santana, com ferimentos graves.
O estado de saúde de Juliete Matos de Araújo, de 27 anos, moradora do povoado de Mandacaru, interior de Tucano e Luzinete Macedo de Andrade de 47, residente na Rua Gildásio Penedo, na sede do município, não foram divulgados.
A quarta vítima, Dilmar Souza de Cerqueira, de 49 anos, residente em Caldas do Jorro, não resistiu aos ferimentos e faleceu minutos depois de ter dado entrada, na unidade de saúde.
O motorista da carreta, Daniel William Silva, natural de Perdões- MG, não sofreu ferimentos. O mesmo prestou esclarecimento aos policiais, que estiveram no local.

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.