Olá seja bem-vindo!

Olá! Seja bem-vindo(a) ao Portal Carlino Souza, A Maior fonte de informação do interior do Estado da Bahia.  Coronel João Sá-BA,

Esplanada-BA: Alex Lima critica prefeito Franco de Aldemir por não aceitar ambulância

Durante pronunciamento na tarde desta terça-feira (06), o deputado estadual Alex Lima (Podemos) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia para classificar como ‘prepotente’ a recusa do atual prefeito de Esplanada, Franco de Aldemir (PRB), em receber a ambulância, destinada ao município, através de emenda emenda parlamentar. 

“Evitei trazer para essa Casa questões municipais, mas não posso deixar de registrar minha indignação com o que está acontecendo em Esplanada. Por diversas oportunidades disponibilizei o nosso mandato para contribuir com a atual gestão, mas nunca fui procurado pelo prefeito e seu grupo político. 

Diante do caos que se tornou a saúde em Esplanada, deixei de lado as divergências políticas e solicitei através de emenda parlamentar, uma ambulância para atender a cidade. No entanto, por prepotência e disputa mesquinha, pela quarta vez, o prefeito se negou a nos atender e teima em não comparecer para receber as chaves o veículo”, disse o deputado. Na última segunda-feira (05), o governador Rui Costa esteve em São Francisco do Conde para entrega de ambulâncias para Alagoinhas e Esplanada, mas o prefeito da cidade não compareceu ao local, o que tem prejudicado a população esplanadense. 

“Apesar das divergências políticas, os prefeitos indicados para receber um veículo, que beneficiará seu próprio município, comparecem ao local. Então eu faço um apelo público ao prefeito de Esplanada para que aceite receber a ambulância e se o problema for a minha presença, eu me disponho a não ir ao ato de entrega das chaves. Agora é hora de honrar os votos recebidos, a disputa eleitoral chegará no momento certo”, completou.

Política Livre

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.