publicidade

Sítio Folia

Aracaju-SE: Ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, Eliza Clívia, morre vítima de acidente de trânsito

Morreram na tarde de desta sexta-feira(16/06) vítimas de um trágico acidente de trânsito, a cantora paraibana, Eliza Clívia, 36 anos, e o baterista Sérgio Ramos, esposo da cantora. De acordo com informações divulgadas, o carro Palio de placa MBG 2035 – Macéio-AL,  em que ela estava colidiu com um ônibus no centro de Aracaju-SE. Ainda segundo informações, ela havia acabado de sair de uma entrevista numa TV e estaria indo para outra entrevista numa rádio local. O condutor ainda não identificado foi encaminhado em estado grave para o hospital em Sergipe. 

Eliza que teria anunciado o seu desligamento da Banda Cavalo de Aço no dia 30 de março deste ano, estava em carreira solo, num novo projeto musical. Hoje(16/06) ela se apresentaria com a cantora Nineia Oliveira no Armazém Avenida, uma famosa casa de show na capital sergipana.

Eliza Clívia ficou conhecida no mundo forrozeiro por fazer fazer parte das bandas Cavaleiros do Forró e Cavalo de Aço.

Além do casal, outras três pessoas da equipe estavam no carro. O motorista Cleberton José dos Santos, 35 anos, João Paulo Tavares da Silva, 32 anos, e Paulo Texeira de Carvalho, 38, foram socorridos com escoriações leves pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas a um hospital de Aracaju.  O Corpo de Bombeiros precisou ser chamado para retirar as vitimas que estavam presa as ferragensO Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para buscar os corpos dos músicos que aguardam a chegada da família para liberação para sepultamento na paraíba.

Carreira

Eliza nasceu em Livramento, na Paraíba. Depois de cantar na banda Laços de Amor, entrou, em 2003, para o grupo Cavaleiros do Forró, onde lançou nove álbuns e seis DVDs, conquistando a maioria dos fãs. Eliza permaneceu por dez anos na banda, até anunciar seu desligamento, em 2013, junto com Jaílson Santos, com quem foi casada até 2016.


Os dois entraram no grupo Forró Cavalo de Aço, onde permaneceram até 2017, quando Eliza anunciou sua carreira solo. 


Da redação, Portal Carlino Souza. O Primeiro. Sempre!



Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.