PRF prende seis pessoas na região de Pedro Alexandre, na divisa entre Bahia e Sergipe

Seis pessoas foram presas na Operação Região Oeste Crédito: PRF/Divulgação

Seis pessoas foram presas durante a ‘Operação Região Oeste’ realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na quinta-feira (9). As ações foram realizadas na BR-235, nos municípios de Frei Paulo e Carira (SE) e Pedro Alexandre (BA).

Também foram recuperados dois veículos com restrição de roubo ou furto, apreendidos dois documentos de veículos e uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. Além disso, a PRF encontrou uma espingarda calibre 38 de fabricação artesanal.

Na operação, foi encontrada uma tonelada de carvão de algaroba que estava sendo transportada em aproximadamente 60 sacas. O produto não possuía nota fiscal e o veículo que o transportava, um utilitário Chevrolet/S10 da Bahia, estava com as placas de identificação adulteradas e possuía uma restrição de roubo e furto de abril de 2016.

Cerca de 50 animais silvestres das espécies brejal, tizou, sofrê, tico-tico, chopim e cravinho foram resgatados na operação que teve a participação e apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no combate aos crimes ambientais.

G1 SE

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.