Euclides da Cunha-BA: Bandidos interceptam caminhão na BR-116/Norte e roubam carga de fogões

Três bandidos à bordo de uma picape Toyota Hillux, cor branca, placa não identificada, tomaram de assalto um caminhão que transportava cerca de 190 unidades de fogão da marca Atlas, que estavam sendo transportados da cidade de Apucarana PR, para a cidade de Cajazeiras PB.
Segundo o relato feito pelo condutor Roberto Folk, neste domingo, (1°), quando trafegava pela BR 116/Norte (Rodovia Santos Dumont), por volta do meio-dia, quando se aproximava do povoado de Santo Antônio, a 13 km de Euclides da Cunha, a picape Hillux emparelhou ao caminhão e um dos elementos, encapuzados, apontando uma pistola em sua direção, ordenou que parasse o veículo.
A viagem continuou com Roberto mantido na cabine e depois de algum tempo, foi colocado no compartimento de bagagem da caminhonete e a condução do caminhão passou para outra pessoa, que prosseguiu em direção ao distrito de Bendegó/Canudos, enquanto a vítima seguia por uma estrada vicinal, onde permaneceu sob vigia, até que na madrugada desta segunda-feira, por volta das 4 horas, foi posto em liberdade.
O caminhoneiro procurou a 1ª DT/Euclides da Cunha, onde registrou um boletim de ocorrência. Não há notícia nem pista sobre os assaltantes que, provavelmente, tinham informações sobre o tipo de carga e os dados do caminhão transportador.
As informações são de José Dilson/Euclidesdacunha.com (Foto ilustrativa)


Ainda não segue CARLINO SOUZA nas redes sociais? Corre lá!
Twitter.com/CarlinoSouza

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.