Emendas de Lídice viabilizam projetos de geração de emprego em Canudos-BA

O Projeto Canudos – Estudos para o desenvolvimento sustentável – entrega nesta quinta-feira 250 tanques-rede à Colônia de Pescadores Z-45, além de equipamentos de fotografia, computadores, câmeras de vídeo e ilhas de edição para a inauguração do Núcleo Audiovisual do município. Os recursos para ambos os programas de geração de emprego e renda são oriundos de emendas parlamentares da senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que aproveitará a ocasião para lançar o livro Convivendo com o Semiárido. Marcada para esta sexta-feira, 14, a cerimônia de entrega dos equipamentos será realizada a partir das 9h, no Mirante do Conselheiro, com a presença do reitor da Uneb, José Bites de Carvalho, do Diretor Regional do DNOCS-BA, Josafá Marinho, do prefeito Genário Rabelo, e do coordenador do projeto Canudos, professor Luiz Paulo Neiva. O primeiro núcleo de capacitação de jovens em técnicas de captação e edição audiovisual será fornecido pelo Instituto de Radiodifusão do estado da Bahia (Irdeb) e servirá como piloto para a implantação de um curso de comunicação da Uneb em Canudos. “A ideia do Núcleo de Audiovisual em Canudos é aproveitar um dos lugares mais visitados por jornalistas, historiadores e cinegrafistas do Brasil para capacitar a juventude local a produzir vídeo-documentários a partir de sua própria perspectiva”, explica Luiz Paulo Neiva. “Além de contribuir para a memória histórica de Canudos e problematizar a questão do semiárido, o núcleo audiovisual é também um programa de geração de emprego e renda, assim como o dos tanques-rede, de importância fundamental para o aumento da produção do pescado, dificultando a pesca predatória no açude Cocorobó”, complementa.

Política Livre

Nenhum comentário

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.