Bem Vindo ao Maior Portal de Notícias do Sertão da Bahia  Coronel João Sá-BAHIA,

Juiz mata jogador a facadas durante partida de futebol em Barreira-CE

A Notícia em 1º Lugar | segunda-feira, agosto 23, 2010 | 0 comentários

Um homem identificado como José Ramos da Silva, 28, foi assassinado a golpes de faca na noite deste domingo (22) durante uma partida de futebol amador no município de Barreira, no Ceará. 

Segundo a Polícia, a vítima era um dos jogadores que estava em campo e foi morta pelo árbitro que apitava o jogo.
De acordo com o tenente Cledson Maranhão, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o crime teria acontecido após José da Silva reclamar de uma falta marcada pelo árbitro, identificado como Francisco Édio Gregório Chaves, 36. Durante discussão sobre o lance duvidoso, o árbitro desferiu um golpe de faca no peito esquerdo do jogador, que morreu no local.
Um irmão da vítima, identificado como Francisco das Chagas Gomes da Silva, 24, ainda foi atingido com golpes de faca enquanto tentava socorrer o irmão ferido. Ele foi socorrido com várias perfurações e encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza.
Ainda de acordo com o tenente Cledson, o árbitro Francisco Édio, que já apitava a partida portando a faca utilizada no crime, encontra-se foragido. Nem o acusado e nem as vítimas tinham passagem pela Polícia.

Informações do O Povo Online / Foto - Ilustração

Category:

0 comentários

Regras do site

Não serão aceitos comentários que:

1. Excedam 500 caracteres com espaço;

2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
Exemplo: um comentário onde o autor diga que fulano é ladrão, corrupto, burro, salafrário e por ai vai. Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. Portanto, o titular deste blog poderá ser responsabilizado civil e criminalmente por tudo que aqui for escrito.

3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

4. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no blog os comentários que respeitarem as regras acima expostas.