Bem Vindo ao Maior Portal de Notícias do Sertão da Bahia  Coronel João Sá-BAHIA,
bateristaPor volta do meio-dia de hoje, 21 de agosto, um baterista de uma banda de forró foi preso em Ribeira do Pombal acusado de dar um golpe em um posto de combustível da cidade de Cipó.
Jaime dos Santos conduzia um veículo Palio de placa policial JSB 6676 com licença de Cruz das Almas e parou em um posto de combustível da cidade de Cipó onde teria pedido para o frentista completar o tanque do carro. O valor do abastecimento foi de R$105,00. Após o frentista finalizar o serviço, o acusado pediu para que ele fosse buscar um litro de óleo. Na volta, o condutor e o carro haviam sumido.
Um outro frentista informou que o veículo havia fugido sentido Ribeira do Pombal. Logo após, a Polícia Militar de Cipó foi acionada e em seguida a foi a vez da Polícia Militar de Ribeira do Pombal ser mobilizada. A PM local interceptou o veículo ainda na BR 110, chegando a Ribeira do Pombal.
O acusado foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Ribeira do Pombal onde declarou ser baterista de uma conhecida banda de forró da cidade de Canudos e que estava indo visitar o filho em Novo Triunfo. Ele ainda afirmou estar arrependido do que fez e que essa foi a primeira vez que agiu dessa maneira. Após o depoimento, o baterista foi encaminhado para a cidade de Cipó, local do ocorrido.
Rádio Povo
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook

Um ônibus com 26 passageiros foi assaltado na madrugada desta quinta-feira (21) na BR-153, próximo ao município de Prata, no Triângulo Mineiro. De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Frutal, que registrou a ocorrência, o ônibus pertencia à dupla sertaneja Matheus e Kauan e transportava equipamentos, além da equipe dos músicos.



A assessoria de imprensa da dupla informou ao G1 que os músicos saíram de Goiânia e seguiam para Curitiba onde realizariam um show nesta quinta. Durante o assalto, o cantor Kauan foi agredido e o motorista do ônibus baleado.

O veículo foi interceptado por criminosos armados por volta das 4h, na altura do Km 35.  Para forçar o motorista a parar na rodovia e intimidar os passageiros, os assaltantes começaram a disparar várias vezes contra o ônibus, quando um dos disparos acertou a vítima.

Fonte: G1


Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
Dez dias após sofrer um acidente de carro e ficar internado no interior do Espírito Santo, o deputado estadual Glauber Coelho (PSB) morreu na manhã de quarta-feira, 20. Ele é o segundo político vítima de acidente durante a campanha de 2014. Na semana passada, um acidente de avião vitimou o ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência da república Eduardo Campos (PSB).

A morte de Coelho foi confirmada na manhã de quarta-feira(20) pelo próprio PSB. No domingo dia 10 de agosto, Coelho sofreu um acidente automobilístico na localidade de Pacotuba, zona rural de Cachoeiro de Itapemirim, na qual ele teve compromissos de campanha. Ele estava em seu primeiro mandato e em campanha rumo à reeleição.
Desde então, Coelho permaneceu hospitalizado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim. Na sexta-feira, 15, os médicos detectaram um edema cerebral no deputado. Ele também passou por uma traqueostomia mas não vinha apresentando melhoras significativas. 
Coelho estava no primeiro mandato como deputado federal e era o 2º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Espírito Santo. O parlamentar tinha 40 anos, nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, era casado e tinha uma filha de dois anos e três meses.
Rádio Planalto
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
PT e Rui Costa são multados em R$ 144 mil por propaganda eleitoral antecipada
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) condenou, nesta quarta-feira (20), o Partido dos Trabalhadores e o candidato ao governo do Estado Rui Costa a pagar mais de R$ 144 mil por propaganda eleitoral antecipada. Segundo ação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral, que pedia multa de R$ 49.844, o partido teria utilizado o espaço gratuito assegurado constitucionalmente de propaganda partidária para difundir plataformas do candidato. A peça publicitária foi veiculada na TV Bahia em maio. Rui Costa alegou que não houve desvio de finalidade, já que o conteúdo “é estritamente direcionado à plataforma de governo do partido e às suas ações de gestão pública no âmbito do Poder”. Além disso, segundo o candidato, “não houve pedido de votos, menção ao pleito ou divulgação de candidatura, mas apenas a veiculação de discursos de dois representantes do partido, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o próprio demandado, sendo que este, à época dos fatos, sequer era candidato a cargo eletivo”. Mas para o juiz relator Salomão Viana, “não se pode, nem de longe, dizer que tenha havido apenas propaganda partidária”. “O que há, em verdade - e isto é escancarado - é a vinculação entre as pessoas do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o então pré-candidato e atual candidato ao cargo de governador do Estado, Rui Costa, com referência à participação de ambos no que é por eles considerado o sucesso alcançado na gestão do governo federal. [...] A conotação eleitoral é, pois, claríssima”, defende Viana, na decisão. O magistrado ainda determinou que o valor da multa deveria ser correspondente ao custo da propaganda que, segundo a própria emissora em que foi veiculada, foi de R$ 144.310.

Bahia Notícias

Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
Um escritório especializado em gerenciamento de fazendas de café na região, sediado no primeiro andar do edifício da Unigraf, na Rua Felinto Muller, nº 31, no centro de Teixeira de Freitas, foi invadido por volta das 15h desta terça-feira (19/08), e três das quatro pessoas que estavam no espaço foram alvejadas a tiros.
O dono do escritório, Nelson Gonçalves Guimarães Filho, 48 anos, foi morto com dois tiros no tórax e um de raspão na cabeça. Sua esposa, Rogéria Zatta Guimarães e seu design e primo Juliano Guimarães Silva, 30 anos, saíram feridos. O criminoso fugiu numa Caminhonete Ford, modelo Ranger, cor prata, Placa Policial FBL-2306, licenciada de Barueri-SP.
Criminoso foi preso pouco tempo depois pela CAEMA No local os peritos Paulo Libório e Everton dos Anjos, recolheram 16 cápsulas de cartucho calibre 380. Pelo cenário e evidências apuradas, conforme o perito criminal Paulo Libório, o criminoso descarregou o pente da arma nas suas três vítimas. Pelos menos 8 projéteis transfixaram a parede e atingiram a estrutura física e moveleira do escritório do Teixeira News, que fica estabelecido ao lado. Dentro do escritório do Jornal Teixeira News os peritos recolheram pelos menos 5 projéteis amassados. No momento, o escritório do TN estava sem nenhum funcionário na redação. O delegado Júlio Telles, que preside o inquérito do crime, apurou que a vítima Nelson Gonçalves Guimarães Filho, havia discutido com o autor na rua em frente e após ter virado as costas para o mesmo, foi alvejado com o primeiro tiro de raspão na cabeça, quando correu subindo as escadarias para se refugiar no seu escritório, mas acabou alcançado e morto. Outras duas pessoas também foram alvejadas.


Cinco projéteis transfixaram no lado do escritório do Teixeira News, justamente onde costuma trabalhar o jornalista Ronildo Brito

Cinco projéteis transfixaram no lado do escritório do Teixeira News, justamente onde costuma trabalhar o jornalista Ronildo Brito Cinco projéteis transfixaram no lado do escritório do Teixeira News, justamente onde costuma trabalhar o jornalista Ronildo Brito; escritório estava vazio no momento

O autor do crime foi preso 40 minutos depois por policiais da CAEMA – Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica de Posto da Mata, na altura do Km-914, nas imediações do povoado de Bela Vista, em território de Nova Viçosa. O criminoso trata-se do advogado Danilo Ungaro, 34 anos, com registro na OAB de São Paulo e é dono de fazendas de plantação de café na região, inclusive uma delas da reta da BR-101, entre Teixeira e Itamaraju. Fazendas estas que ficam sobre as divisas dos territórios de Itamaraju, Prado, Vereda e Teixeira de Freitas. E teria cometido o crime por causa de uma dívida que estava sendo discutida com sua vítima que era seu terceirizado. Com ele, a polícia apreendeu a arma do crime com um pente vazio e mais outro pente municiado de cartuchos intactos.
Fonte Teixeira News/ Athylla Borborema
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
A município de  Fátima está passando por uma situação inusitada.  A menos de 50 dias teremos o pleito eleitoral e o grupo político liderado pelo prefeito Nego ainda não sabe em quem votar. Nas minhas andanças pelo planeta da política nunca vi algo parecido. E tudo isso por causa da Operação 13 de Maio, realizada pela Policia Federal. O Prefeito José Idelfonso, conhecido por Nego, foi afastado do cargo por 90 dias e ainda não teve autorização para retornar à cadeira. Quem está no comando do município é o seu vice Florival Santana. Ocorre que o prefeito em exercício, por questões de fidelidade, está aguardando as decisões de Nego e ainda não apresentou nenhum candidato.
A falta de uma tomada de ação por parte do prefeito afastado fez todos ficarem imobilizados. Não chegamos a falar com Nego, mas pessoas próximas a ele falam em depressão, decepção, fim de um sonho. Uma ex-vereadora, que pediu para não revelar o nome, disse que baixar a cabeça é pior. Cabe ao prefeito ver onde errou e acertar o rumo para não cometer mais desvios de conduta. Fato é que outras lideranças estão em campo e correndo soltas. Várias pessoas dizem que estão aguardando um sinal do prefeito afastado para ver qual caminho seguir.
Futurologia: Após conversar com algumas pessoas sofre a falta de candidatos, encontrei um grande amigo e ex-vereador, que não me autorizou a dizer o nome nesta postagem. Ele é taxativo: no dia em que o grupo indicar um nome para prefeito, mesmo com todo o estrago da Operação 13 de Maio, a eleição do sucessor de Nego será vitoriosa. Aí, então,questionei: Como um grupo envolvido numa teia de corrupção pode ainda sobreviver na política? É que, segundo o ex-vereador, além do carisma dos líderes, a oposição ajuda muito. Segundo ele, o suposto líder da oposição não tem um grama de moral para se apresentar como político qualificado. O povo então teria que escolher entre o ruim e o pior. E o pior é o fim.
Quem seria o cantor ou cantora? E quem estaria apto a tentar continuar com a bandeira do grupo na eleição de 2016, já que Sorria e Nego estariam inelegíveis? Perguntei ao nosso ex-vereador. Ele disse que aí teria que pensar. Seria a professora Edna ou Binho? Insisti. Disse que estava mais para Binho, mas não descartou a possibilidade de ser a filha de Sorria. E não deu mais detalhes. Apesar do imobilismo de agora, o ano de 2016, eleições municipais, já está na cabeça do povo de Fátima.
Blog do Professor Landisvalth
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
Um homem de prenome Francisco, de 48 anos, foi preso após tentar matar a mulher com 11 facadas, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A polícia desconfia que o crime foi premeditado.

Segundo o homem, o casal vivia bem e nunca tinha tido uma briga.

— Nenhum desentendimento. Nós éramos felizes. Nunca teve problema nenhum.

A mulher, de 73 anos, tomava remédio para dormir e no dia da tentativa de homicídio, desconfiou da atitude do marido, que ficava perguntando se ela já tinha tomado o medicamento, e resolveu não ingerir o remédio achando que o acusado iria sair quando ela adormecesse.

No dia do crime, Francisco esperou a mulher adormecer e tentou matá-la desferindo vários golpes de faca contra a idosa. O acusado afirma que não sabe o que aconteceu para agir assim e diz estar arrependido.

— Não entendo o que foi que aconteceu. Peço perdão a família, peço perdão a ela, aos meus companheiros, meus colegas, meu pai.

A mulher foi socorrida pela polícia e encaminhada para o hospital. O homem disse que ela foi vítima de uma tentativa de assalto enquanto ele assistia TV. Segundo a delegada, enquanto a idosa recebia atendimento médico, Francisco voltou para a casa do casal e tentou desfazer a cena do crime. Lavou a casa, tirou lençóis, panos e jogou tudo no lixo. Os vizinhos viram e desconfiaram da atitude do marido.

Enquanto a mulher estava internada, a delegacia recebeu a informação que ele estava na residência com a amante e estava com o casamento marcado para 21 de setembro.

— Eu não tinha intenção de casar com ninguém, só com a minha esposa.

A idosa vai fazer 74 anos no dia 2 de setembro e o acusado disse que comprou uma televisão de 72 polegadas de presente. Francisco afirmou que se arrependi e não entende o motivo do crime.

— Se ela me perdoasse, um dia, eu queria ter ela ao meu lado e pedir perdão. Todo dia olhar para ela e pedir perdão, abraçar e ser o homem mais carinhoso do que eu era antes.


Informação: R7
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook

O prefeito de Itaberaba, João Almeida Mascarenhas Filho, foi multado pelo Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (19), em função da contratação irregular de atrações musicais para animar o São João, no exercício financeiro de 2012, quando o município sofria graves consequências ocasionadas pela estiagem.

Segundo o TCM, os conselheiros aprovaram como punição a aplicação de uma multa de R$19.500,00, a ser paga pelo prefeito e que deve ser recolhida aos cofres municipais. Isto porque João Mascarenhas Filho contratou sem licitação a empresa Joedson Farias Costa - ME, pelo montante R$390.000,00, visando a apresentação de bandas musicais durante os festejos juninos.

Ainda de acordo com o órgão, ocorre que, além de não realizar concorrência para selecionar as atrações musicais para a festa, o prefeito não demonstrou que a empresa contratada fosse representante exclusiva das bandas que escolheu. Os inspetores do TCM constataram ainda que a administração, à época, não demonstrou ter capacidade econômica para investir no forró e, também, atender as demandas da população que sofria com os efeitos da seca, graves a ponto de o próprio prefeito decretar situação de emergência no município. Cabe recurso da decisão.

TCM

Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
Pesquisa feita pelo Datafolha para o jornal "Folha de S.Paulo" divulgada na edição desta segunda-feira (18) mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.
É a primeira pesquisa que inclui um cenário em que a ex-senadora Marina Silva é o possível nome do PSB no lugar do ex-governador Eduardo Campos, que morreu na quarta-feira (13), em um acidente de avião. O PSB ainda não definiu se Marina será a candidata substituta, mas lideranças dão a escolha como certa.
No levantamento anterior do Datafolha, realizado nos dias 15 e 16 de julho e divulgado no dia 17,Dilma tinha 36%, Aécio, 20%, e Eduardo Campos, 8%.
O percentual de entrevistados que disseram não saber em quem votar ou que não responderam foi de 14% em julho e agora atingiu 9%. Brancos e nulos eram 13%; agora são 8%. O quarto colocado na pesquisa, pastor Everaldo (PSC), aparece com 3% das intenções de voto; no levantamento anterior, tinha os mesmos 3%.
A pesquisa mostra que, se a eleição fosse hoje, haveria segundo turno: Dilma teria 36% contra 46% da soma dos demais candidatos. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 36% contra 36% dos demais, o que indicava uma incerteza sobre a necessidade de segundo turno.
O resultado da atual pesquisa mostra que, se for confirmada candidata do PSB no lugar de Campos, Marina começa a campanha em situação de empate técnico com Aécio Neves, numericamente à frente do tucano: 21% a 20%, dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais.
Marina larga também em situação de empate técnico com Dilma na simulação de segundo turno: Marina com 47% e Dilma com 43%. O Datafolha não pesquisou um cenário entre Marina e Aécio. No cenário entre Dilma e Aécio, a petista tem 47%, e o tucano, 39%.
O levantamento foi encomendado pelo jornal “Folha de S.Paulo”. O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00386/2014.
Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):
- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 21%
- Aécio Neves (PSDB): 20%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- José Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Brancos/nulos/nenhum: 8%
- Não sabe: 9%

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

- Marina Silva: 47%

- Dilma Rousseff: 43%
- Brancos/nulos/nenhum: 6%
- Não sabe: 4%
- Dilma Rousseff: 47%
- Aécio Neves: 39%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 5%


O Datafolha não realizou a simulação de uma disputa entre Aécio Neves e Marina Silva.
Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Confira abaixo:


- Dilma Roussef: 34%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 17%
- Zé Maria: 16%
- Eymael e Levy Fidelix e Rui Costa: 13%
- Marina Silva, Luciana Genro e Mauro Iasi: 11%
- Eduardo Jorge: 10%
Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 38% dos eleitores – no levantamento anterior, divulgado em 17 de julho, o índice era de 32%. O percentual de aprovação considera os entrevistados que avaliaram o governo como "bom" ou "ótimo". A pesquisa mostra ainda que o índice dos que desaprovam a gestão, ou seja, consideraram o governo "ruim" ou "péssimo", foi de 23% (era 29%). Dos ouvidos, 38% consideram o governo como "regular" (mesmo percentual anterior).


O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 38%
- Ruim/péssimo: 23%
- Não sabe: 1%


Datafolha - 18.8 (Foto: Arte/G1)
Por: G1

???????????????????????????????
Pelo menos 19 pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo uma carreta, um caminhão e um micro-ônibus, por volta das 18h20 de ontem (17), na altura do Km 66, da BR 110, próximo ao Povoado Itapicuru, no município de Jeremoabo

Informações iniciais indicam que o motorista da carreta tentava realizar uma ultrapassagem, bateu em caminhão, e este bateu na traseira do micro-ônibus, placas HZU 0457, licença de Carira-SE, pertencente ao Sr. José Monteiro, que transportava jogadores de um time do futebol do Bairro São José e Loteamento Manoel Dantas Sobrinho, que havia participado de uma partida no Km 22. Com o impacto o caminhão que estava carregado de baterias automotivas tombou, o mesmo acontecendo com o micro-ônibus.
O trânsito ficou complicado na região. A Polícia Rodoviária Federal, agiu rápido e providenciou a retirada do caminhão para evitar saques e novos acidentes.
Para transportar os feridos, foram necessárias as ambulâncias do SAMU e três do Hospital Municipal de Jeremoabo (HMJ).
Relação dos acidentados que deram entrada no  (HMJ):
>Cícero Feitosa da Silva
>Paulo Bruno da Silva
>Adelson dos Santos Santana (transferido para Aracaju)
>Adriano Santos de Santana
>José Ivaldo de Jesus
>Genesis Lima dos Santos
>José Luiz Filho
>Rodrigo Evangelista Santana
>José Carlos S. da Conceição (transferido para Aracaju)
>Sérgio Valadão de Jesus
>Adilson Alves Ferreira
>Cosme Alves dos Santos (transferido para Aracaju)
>Eduardo Santos da Silva
>José Carlos da Conceição
>José Adailton da Silva
>Wilson Andrade da Silva (transferido para Aracaju)
>João Santos de Carvalho
>Isabel Araújo da Silva
>Lázaro Teixeira Batista
Estavam previstas para acontecerem na manhã de hoje mais duas transferências para Aracaju.
Por Adalberto Moreno - Jeremoabo Agora
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook


“Quem de vocês aqui gosta do Bolsa Família levanta a mão?”, brada ao microfone, do alto de um palanque improvisado, o senador Lobão Filho, candidato do PMDB ao governo do Maranhão, na pequena cidade de Barra do Corda (85.000 habitantes). A plateia reagiu imediatamente com os braços estendidos. O candidato continuou: “Isso me preocupa, porque os nossos adversários estão unidos a Aécio Neves, que já disse em todos os jornais e todas as emissoras de TV que é contra o Bolsa Família". Filho do ministro Edison Lobão (Minas e Energia), que orbita o petismo como representante de José Sarney há anos, o candidato peemedebista convive com Aécio Neves no Senado. Os dois são colegas. O peemedebista sabe que o tucano nunca se opôs ao programa – pelo contrário, é de Aécio a proposta para transformar o programa em política permanente de Estado. Mas, nos grotões do Brasil, Lobão Filho utiliza um discurso convenientemente falso. Mesmo um candidato ligado à oligarquia recorre ao discurso de que os seus concorrentes são inimigos do povo por causa de uma oposição fictícia ao programa. Nas últimas semanas, os candidatos a presidente (especialmente Dilma Rousseff) intensificaram as viagens a São Paulo para tentar conquistar a simpatia do eleitor paulista. A razão é óbvia: o Estado tem 32 milhões de votos, o maior número de eleitores entre as unidades da federação. Mas, na disputa deste ano, também está em jogo um "colégio eleitoral" muito mais poderoso, e leal: o dos beneficiados pelo Bolsa Família.
Revista Veja
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
A presidente Dilma Rousseff  e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegaram ao Palácio das Princesas, sede do governo de Pernambuco, no Recife, por volta das 10h deste domingo (17) para acompanhar o velório do ex-governador do estado, Eduardo Campos.
Assim que chegaram, Dilma e Lula receberam vaias de parte do público. Logo em seguida, aplausos surgiram do palco onde estão as autoridades. O público, então, aplaudiu também.
A presidente e seu antecessor foram recebidos pela família de Campos e por Marina Silva, escolhida para ser a candidata do PSB à Presidência da República no lugar do ex-governador.
Dilma ficou mais distante do caixão. Ela estava ao lado do ex-governador de São Paulo, José Serra, com quem disputou a Presidência em 2010. Depois cumprimentou seu atual adversário na disputa eleitoral, o senador Aécio Neves.
O ex-presidente Lula abraçou fortemente os filhos de Campos e teve uma conversa longa com a viúva, que chegou a sorrir em alguns momentos.
No palco onde estão as autoridades, acompanham o velório políticos como o ministro da Casa-Civil, Aloizio Mercadante, o candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha; Francisco Falcão, ministro do STJ. Também estão presentes os governadores Teotônio Vilela, de Alagoas, Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, Renato Casagrande, do Espírito Santo, Geraldo Alckmin, de São Paulo. Também está no palco o senador Aloísio Nunes, candidato a vice na chapa de Aécio Neves.
De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto,  a presidente deve deixar o Recife ainda neste domingo, com saída programada para às 12h25, informou a assessoria.
Para o senador Jarbas Vasconcelos, que acompanha a cerimônia de despedida ao ex-governador de Pernambuco, as vaias ao ex-presidente do País foram desnecessárias. "Lula não merecia ser vaiado, porque ele gostava muito de Eduardo", disse.

Já os gritos direcionados à Dilma foram aprovados pelo senador. "As vaias para Dilma foram justificáveis, pois ela não gostava de Eduardo. Ela não deveria nem ter vindo, bastava ter mandado uma coroa de flores", afirmou Jarbas.

Jornal do Comercio 

Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
O sonho de concorrer aos cargos públicos nas eleições de 05 de outubro está condicionado a alguns critérios eleitorais, prescritos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que nem todos estão enquadrados e conseguem respeitar. Pelo menos esse é o quadro  mostrado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), responsável por julgar as candidaturas. Este ano, falhas como a não entrega correta dos documentos exigidos pela Lei 9.504 levaram 75 dos 1.087 nomes a terem a candidatura de deputado estadual e federal indeferida na Bahia. Há desautorização para a disputa também, quando são encontradas irregularidades, que desrespeitam a Lei complementar 64/90, da Ficha Limpa. Por enquanto ainda não houve informações de casos de indeferimento causado por ficha suja.
O cenário de dificuldades levou 25 a renunciarem, sendo alegado nos bastidores, o financiamento de campanha, com custos cada vez mais elevados. 
Na corrida para a Assembleia Legislativa, 45 vão ficar de fora, já que não têm direito a recurso. Desses, nove pertencem ao PTC. Outros 38 passarão por revisão. Para a Câmara Federal, 30 foram indeferidos. 
Entretanto, muitos ainda não tiveram o martelo batido sobre a situação de suas candidaturas e aguardam o julgamento. Esse é o caso de João Carlos Bacelar (PTN), ex-secretário de Educação da administração de Salvador, que concorre à reeleição para a Assembleia Legislativa e Uziel Bueno (PV), que chegou a suplência, permanecendo por oito meses na Casa.
Em algumas situações, a ausência de um documento causa a demora no processo. Foi o que aconteceu com o presidente estadual do DEM, José Carlos Aleluia. Para cancelar a sua candidatura, o órgão pediu um documento que comprovasse a desincompatibilização. Ontem já estava confirmado que ele vai concorrer para deputado federal, cargo que já ocupou. A falta de um documento provocou o indeferimento de Tatiana Paraíso (PSL), ex-secretária de Saúde do município e esposa do ex-prefeito João Henrique (PSL). Ela teria sido informada, mas não regularizou a pendência, deixando de apresentar uma Certidão da Justiça Federal de 1º Grau. Paraíso ainda não comprovou a quitação eleitoral e não entregou a declaração de bens assinada, mas afirmou que irá recorrer dessa decisão.
O PHS é apontado como o partido com o maior número de indeferimentos. A Tribuna identificou 13. O PMDB teve três renúncias. Entre elas está a deputada estadual Graça Pimenta (PMDB), com apenas um mandato.
Entre os desistentes aparecem outras figuras conhecidas como o marido de Graça, o ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Pimenta (PHS), que também concorreria para uma vaga no Legislativo Estadual. Ele já pertenceu aos quadros do DEM e do PDT, sendo deputado estadual por quatro mandatos.
Muitos casos são julgados às vésperas da eleição
O analista judiciário do TRE, Jaime Barreto, explica que os indeferidos têm um prazo de até três dias para questionar a Justiça. Apesar do impasse, eles podem continuar fazendo campanha, enquanto não são julgados.
Caso consigam recurso, também podem permanecer na corrida, ressaltando que um julgamento pode acontecer depois e o candidato corre o risco de não ser diplomado ou perder o mandato, já que os votos serão invalidados, em caso de resultado negativo, o que pode afetar toda a coligação. “Essa é a teoria da própria conta em risco”, frisa. Conforme a lei, o julgamento dos recursos pelos Tribunais deve acontecer até 45 dias, antes da eleição, porém, diante da grande demanda e da falta de pessoal suficiente, muitas avaliações ultrapassam esse limite, chegando a serem julgadas às vésperas ou depois da eleição. Barreto lembra que os impedimentos das postulações acontecem por diversas razões, desde a falta de documentos à questão da ficha suja. 
Pesquisa do Carlino Souza no TSE e Tribuna da Bahia
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
suite-e-ze
O PT acabou de sofrer mais um duro baque no município de Cansanção, o secretário de infraestrutura do município, Suiteberg Belau, tido como um dos principais quadros do partido durante anos, renunciou a presidência da legenda e pediu inclusive a sua desfiliação.

Em conversa com o Portal o ex-presidente foi direto “Deixei a presidência e sair do partido por causa de Rui Costa, nunca vi com bons olhos o pacto dele com um grupo político de Cansanção que passamos a vida toda combatendo, com certeza essa aliança foi a principal responsável pela decadência do PT de nosso município, estamos em um pleito estadual em que o candidato majoritário deixou o diretório municipal de lado para priorizar o diálogo com aqueles que eram nossos inimigos no passado, não tem como fechar os olhos para isso. O PT precisa se reinventar e começar do zero, valores éticos e morais foram perdidos e dificilmente serão resgatados em um futuro próximo” disse Suiteberg.
Desiludido com a política, o ex-petista não descartou a possibilidade até de votar em Paulo Souto, adversário histórico do partido que defendeu durante toda sua vida política “A possibilidade de apoiar ou não Paulo Souto, vai depender muito do rumo que o prefeito Ranulfo irá tomar, por enquanto prefiro aguardar uma posição clara do prefeito para que eu possa me posicionar” acrescentou.
Portal de Notícias.net
Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook
Dois dias depois da morte de Eduardo Campos, recifenses começaram a levantar suspeitas de um possível atentado contra o socialista. De acordo com o jornal ‘O Dia’, nas ruas de Recife, a tese é a mais comentada pela população. “Não tem um pernambucano que não desconfie dessa morte. O avião virou uma bola de fogo em pleno ar. Como assim? Era um dos aviões mais modernos  do mundo. Tem treta nisso daí, pode crer que tem”, disse o jornaleiro Marivaldo Gomes à publicação.
“Ele sabia que corria esse risco. A família sabia. Tanto que nunca viajava no mesmo avião que o primogênito, João. Assim como ele também evitava viajar no mesmo avião que o avô Arraes. Político que pensa no povo não pode durar muito porque os poderosos não deixam”, insinuou Múcio Santana, outro simpatizante do político.
A família de Eduardo Campos ainda não levantou a hipótese de atentado mas o coordenador da campanha do político no Rio de Janeiro, Rubens Bomtempo, afirmou que não acredita que o amigo e companheiro de partido tenha sido vítima de nenhum atentado. “Prefiro nem acreditar numa coisa dessas. Acho que não dá para descartar nada nesse mundo, mas acho que não foi isso. É natural que os pernambucanos tenham esta impressão, já que Eduardo era um grande líder e virou uma espécie de herói regional”, disse Bomtempo ao jornal.
iBahia

Acompanhe o Blog do Carlino Souza também pelo Instagram, Twitter™ e pelo Facebook