Bem Vindo ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Coronel João Sá-BAHIA,
83630-3
Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam na madrugada desta quinta-feira (30), Gilmário Silva Ferreira, o Maroca, 37 anos, acusado de praticar estupros na cidade de Feira de Santana. Ele também é acusado de ter matado a esposa asfixiada.

De acordo com a delegada Maria Clécia Vasconcelos, o acusado foi preso na casa da mãe, localizada na Rua São João, no bairro Tomba. Ele estava escondido entre o forro e o teto do quarto.
“É um crime que deixa a população revoltada. A polícia realizou uma campana em frente à residência e adentrou o recinto encontrando-o entre o forro do teto e a cobertura do quarto. Ele sabia que a polícia estava à procura, e os vizinhos diziam que ele saía em determinados horários como se estivesse se escondendo de alguma coisa”, informou.
O acusado disse que não se apresentou na delegacia porque termia ser morto pela população. Ele negou os estupros e também disse que não matou a esposa.
“Eu só pratico assalto. Roubei o celular e o dinheiro dela só. Eu não pratiquei estupro, fui acusado. Alguém que fez isso com elas. Eu não estava fugindo da polícia, estava fugindo das pessoas querendo tirar minha vida, me acusando. Eu nunca tive arma na minha vida, eu assaltava com a mão. A pessoa quando quer incriminar fala o que quer. Eu não vim aqui antes porque sair a pé é difícil. Quando a delegada me encontrou eu estava escondido”, disse o acusado.
Fonte: Andrea Trindade/Acorda Cidade (Foto: Aldo Matos)
Antes do ataque ao banco, os criminosos atacaram a sede da 3ª CIA da Polícia Miitar da cidade
Bandidos fortemente armados invadiram o município de Jeremoabo, durante a madrugada desta quinta-feira(30), por volta das 02 horas e explodiram o cofre  da agência do Banco do Brasil. Antes do ataque ao banco, os criminosos atacaram a sede da 3ª CIA da Polícia Militar da cidade. Não há registro de feridos, nem informações sobre valores roubados.
Conforme testemunhas, a quadrilha era formada por cerca de 15 elementos que estavam fortemente armados com fuzis e armas de grosso calibre. Os suspeitos se distribuíram. Metade do grupo foi responsável pela invasão ao banco e a outra parte pelo ataque à polícia.
Mesmo em menor número e com poucas armas, os policiais se defenderam do ataque dos criminosos. Enquanto isso, equipes da polícia militar de cidades vizinhas foram acionadas e se deslocavam para Jeremoabo.
Segundo informações, antes da chegada do reforço policial, os bandidos se juntaram e fugiram em alta velocidade, tomando destino ignorado.
Equipes da polícia militar realizaram diligências pela região na tentativa de localizar os bandidos, mas até o momento ninguém foi preso.
Com a explosão, a agência ficou parcialmente destruída. Já a sede da PM, apresenta diversas marcas de tiros. 
Chico Sabe Tudo / Foto: Blog do Carlino Souza
A Justiça Eleitoral afasta prefeito e vice de Abaré temporariamente. O afastamento foi na esfera eleitoral, consequentemente assumirá o município de Abaré temporariamente, o presidente da câmara de vereadores, Cícero. 

A Justiça determinou a cassação do prefeito e da vice-prefeita da cidade de Abaré (BA), a 545 km de Salvador. Os gestores são suspeitos de participar da distribuição de cestas básicas em troca de votos na zona rural do município, no dia 4 de outubro, um dia antes das eleições municipais de 2012. A informação foi divulgada pela assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitora da Bahia (TRE-BA), nesta quarta-feira (29).

A decisão pode ser contestada por meio de recurso, segundo o órgão. O presidente da Câmara Municipal da cidade assumiu de forma interina a administração até que ocorra novas eleições.

A decisão foi do juiz titular da 158ª Zona Eleitoral da cidade de Chorrochó, Matheus Martins Moitinho. O prefeito Benedito Pedro da Cruz e a vice dele, Margarete Rodrigues da Silva, ficarão inelegíveis por oitos anos. Os gestores também foram condenados a pagar, cada um, multa no valor de R$ 21 mil.

Segundo o juiz, é vedado o uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social, custeados ou subvencionados pelo Poder Público.

Conforme sentença, as cestas básicas foram distribuídas por funcionários da Secretaria de Agricultura por ordem do ex-prefeito da cidade, que, na ocasião, teria apoiado os então candidatos Benedito e Margarete.

De acordo com informações do TRE-BA, os agentes públicos cassados estavam presentes na localidade em que se deu a entrega dos produtos alimentícios.

O Juiz Matheus Martins Moitinho determinou que o TRE-BA organize as novas eleições em Abaré para os cargos de prefeito e vice-prefeito. A data no novo pleito não foi estabelecida.

G1 não conseguiu contato com a prefeitura da cidade de Abaré, para ouvir o prefeito e a vice-prefeita sobre as acusações. O ex-prefeito da cidade também não foi localizado para comentar as denúncias.
A prisão de seis homens acusados de serem os responsáveis por explosões de caixas eletrônicos na capital e no interior sergipano, ocorrida na última quinta-feira (23), levou à polícia a informação do possível envolvimento de um vereador e de um empresário com a quadrilha.

De acordo com a delação, a participação do parlamentar Ricardo Nogueira de Oliveira, conhecido como “Galego”, estaria ligada à venda dos explosivos que, segundo os detidos, foram comprados ao custo de R$ 20 mil. Além do representante do legislativo, um empresário de Aracaju também será investigado pela participação nos crimes.

Os elementos confessaram a autoria dos arrombamentos a cashs eletrônicos nos municípios de Propriá, Arauá, Japaratuba e Capela.

No mês de março vereador foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF/SE) com uma caminhonete de luxo roubada.

Com informações do itnet

Uma mulher de 62 anos foi presa na noite deste domingo (26) no município de Ielmo Marinho, a 54 quilômetros de Natal, suspeita de ter matado mais um compaheiro. Agora, segundo a polícia, a Viúva Negra, como é mais conhecida no estado, é apontada como autora de cinco mortes de namorados.

Ao G1, Maria Nazaré Félix de Lima confessou ter matado quatro companheiros. E justificou os crimes: "Eles me batiam", defendeu-se. Em três destes crimes, cometidos na década de 1990, ela foi condenada e chegou a passar muitos anos presa. Há 5 anos ela estava em liberdade.

De acordo com o delegado Getúlio Torres, a última vítima de Maria Nazaré ainda não foi oficialmente identificada. "Sabemos apenas que o homem era conhecido como 'Tico', e que foi assassinado a pauladas", acrescentou.

O delegado confirma que Maria Nazaré é suspeita de ter matado cinco homens, todos companheiros dela. Com três ela chegou a se casar. Contudo, ela só admite quatro assassinatos. "Eu matei quatro. Matei porque eles me batiam, me espancavam. Nunca dei sorte. Ontem eu estava embriagada, por isso matei usando um pedaço de pau. Eu estou me tremendo muito, estou arrependida", disse ela.

Ainda segundo o delegado, Maria Nazaré permanecerá detida no destacamento da Polícia Militar de Ielmo Marinho até ser interrogada, o que deve acontecer ainda nesta segunda-feira (27). "Depois ela será levada para Taipu, para posteriormente ser transferida para uma vaga do sistema prisional feminino", concluiu Torres.

G1 Rio Grande do Norte


Um levantamento realizado pelo jornal Tribuna da Bahia, apontou que 133 prefeitos de cidades baianas, podem estar sujeitos à inelegibilidade, por terem seus exercícios financeiros pontuais reprovados pelos tribunais de contas ou por terem contra si termos de ocorrência ou denúncia, sem que o julgamento final fique com as Câmaras de Vereadores.
Os prefeitos considerados ordenadores de despesas terão, a partir de decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do ano passado, seus atos julgados pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), e não mais pelas Câmaras de Vereadores, que continuam com o poder de julgar as contas anuais. Na lista da corte de contas baiana, conforme a Tribuna apurou, estão nada menos que 133 gestores, dentre eles o ex-prefeito de Salvador João Henrique, hoje sem partido, mas que já tem planos de retornar a vida pública em 2016.
Prefeitos com contas rejeitadas no exercício de 2012 e que estão sujeitos à inelegibilidade, conforme relação do TCM:
1.Abaré, gestores Geraldo Rodrigues dos Santos e Delisio Oliveira da Silva;
2.Água Fria, Adailton Nunes de Souza Leão; Aiquara, Jutahy Souza Cosme;
3.Amélia Rodrigues, Antônio Carlos Paim Cardoso;
4.América Dourada, Agnaldo Oliveira Lopes;
5.Andorinha, Agileu Lima da Silva; Angical, Gilson Bezerra de Souza;
6.Antas, Agnaldo Félix dos Santos; Araçás, Uelinton Oliveira Coelho;
7.Araci, Maria Edneide Torres Silva Pinho;
8.Aurelino Leal, Domingos Marques dos Santos;
9.Barra do Rocha, Jonatas Ventura dos Santos;
10.Barro Alto, Orlando Amorim Santos;
11.Barro Preto, Adriano Clementino dos Santos;
12.Belmonte, Iedo José Menezes Elias;
13.Boa Nova, Antonio Ferreira Oliveira Filho;
14.Boa Vista do Tupim, Hiran Campos Nascimento;
15.Buerarema, Mardes Lima Monteiro de Almeida;
16.Caatiba, Omar Sousa Barbosa;
17.Cafarnaum, Ivanilton Oliveira Novais;
18.Caldas de Cipó, Jailton Ferreira de Macedo;
19.Caldeirão Grande, Maria Aparecida dos Santos Martins Silva;
20.Camacan, Maria Angela da Silva Cardoso Castro;
21.Campo Formoso, Iracy Andrade de Araújo;
22.Canavieiras, Zairo Jacques Pinto Loureiro; Candeias, Maria Angélica Juvenal Maia e Francisco Silva Conceição;
23.Canudos, Arcenio Almeida Gonçalves Neto;
24.Capim Grosso, Lydia Fontoura Pinheiro;
25.Caravelas, Jadson Silva Ruas;
26.Casa Nova, Orlando Nunes Xavier;
27.Castro Alves, Clovis Rocha Oliveira;
28.Cícero Dantas, José Weldon de Carvalho Santana;
29.Conde, Antonio Eliud Souza de Castro;
30.Condeúba, Odilio Ribeiro da Silveira;
31.Contendas do Sincorá, Joad Souza Teixeira;
32.Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins;
33.Coronel João Sá, Carlos Augusto Silveira Sobral;
34.Crisópolis, José Santana da Silva;
35.Encruzilhada, Ivani Andrade Fernandes Santos;
36.Entre Rios, Fernando Almeida de Oliveira; Esplanada,
37.Diolando Batista dos Santos;
38.Eunápolis, José Robério Batista de Oliveira;
39.Feira da Mata, Alex Ronan Viana Mota;
40.Firmino Alves, José Aguinaldo dos Santos;
41.Gongogi, Altamirando de Jesus Santos;
42.Guaratinga, Ademar Pinto Rosa;
43.Iaçu, Adelson Souza de Oliveira;
44.Ibiassucê, Heliton Alves Cardoso;
45.Ibicaraí, Lenildo Alves Santana;
46.Ibicoara, Sandra Regina Gomes Vidal;
47.Ibicuí, Claudio Antonio Kalil Dourado;
48.Ibipeba, Nei Amorim de Sousa;
49.Ibititá, Francisco Moitinho Dourado Primo;
50.Ichú, José Dias Portugal;
51.Igrapiúna, José Edmundo Seixas Dócio;
52.Iguaí, Ronaldo Moitinho dos Santos;
53.Ipiaú, Deraldino Alves de Araújo;
54.Itabela, Osvaldo Gomes Caribé;
55.Itagi, Wanda Argolo Pinto;
56.Itagimirim, Rielson Santos Lima;
57.Itajuípe, Marcos Barreto Dantas;
58.Itamaraju, Manoel Pedro Rodrigues Soares;
59.Itambé, Moacir Santos Andrade;
60.Itanhém, Milton Ferreira Guimarães;
61.Itaparica, Vicente Gonçalves da Silva e Raimundo Nonato da Hora Filho;
62.Itapé, Jackson Luiz Lima Rezende;
63.Itapebi, Cláudio Henrique Ferreira de Carvalho;
64.Itapicuru, José Moreira de Carvalho Neto;
65.Itapitanga, Dernival Dias Ferreira;
66.Itarantim, Gideão Soares Mattos;
67.Itatim, Raimunda da Silva Santos;
68.Itiruçu, Carlos Roberto Martinelli Iervese;
69.Itororó, José Adroaldo Silva de Almeida;
70.Jacobina, Valdice Castro Vieira da Silva;
71.Jaguaquara, Aldemir Moreira; Jequié, Luiz Carlos Souza Amaral;
72.Jeremoabo, João Batista Melo de Carvalho e Pedro Bonfim Varjão;
73.Jequiriçá, Juvenal Farias Maia;
74.Jitaúna, Edisio Cerqueira Alves;
75.Jucuruçu, Manoel do Carmo Loyola da Paixão e Gilberto Nogueira
76.Silva; Jussara, Ronaldo Almeida Sousa;
77.Lajedão, Danilo Rodrigues Fraga;
78.Lençóis, Marcos Airton Alves Araújo; Malhada de Pedras, Valdecir Alves Bezerra;
79.Manoel Vitorino, Lenilton Pereira Lopes, Mansidão, Davi Frank Gomes Machado;
80.Maragojipe, Silvio José Santana Santos;
81.Mascote, Rosivaldo Ferreira da Silva;
82.Monte Santo, Everaldo Joel de Araújo;
83.Morro do Chapéu, Cleova Oliveira Barreto;
84.Mortugaba, Rita de Cássia Cerqueira dos Santos;
85.Mucuri, Paulo Alexandre Matos Griffo;
86.Muquém do São Francisco, José Nicolau Teixeira Leite;
87.Muritiba, Epifanio Marques Sampaio;
88.Nilo Peçanha, Maria das Graças Soares de Oliveira;
89.Nova Fátima, Manoel Santos de Oliveira;
90.Nova Ibiá, José Murilo Nunes de Souza;
91.Nova Itarana, José Andrade Brandão de Almeida;
92.Nova Viçosa, Carlos Robson Rodrigues da Silva;
93.Ouriçangas, Nildon da Silva; Pé de Serra, Hildefonso Vitório dos Santos;
94.Pedrão, Alceu Barros de Araújo; Pedro Alexandre, Pedro Gomes Filho;
95.Pilão Arcado, João Ubiratan Queiroz Lima;
96.Piraí do Norte, Heraclito Menezes Leite;
97.Piripá, Anfrisio Barbosa Rocha;
98.Planalto, Edilson Duarte da Cunha;
99.Poções, Luciano Araújo Mascarenhas;
100.Ponto Novo, Antônio Marcos Alves da Silva;
101.Prado, João Alberto Viana Amaral; Presidente Jânio Quadros, José Conegundes Vieira; Presidente Tancredo Neves, Josue Paulo dos Santos Filho;
102.Queimadas, Paulo Sérgio Brandão Carneiro;
103.Retirolândia, José Albérico Silva Moreira;
104.Ribeira do Amparo, Manoel Rodrigues Barbosa;
105.Ribeira do Pombal, José Lourenço Morais da Silva Junior;
106.Ribeirão do Lago, Pacífico de Almeida Luz; Rodelas, Emanuel Rodrigues Ferreira;
107.Salvador, João Henrique de Barradas Carneiro;
108.Santa Bárbara, Jailson Costa dos Santos;
109.Santa Cruz Cabrália, Jorge Monteiro Pontes;
110.Santa Luzia, Ismar Jacobina de Santana; Santa Terezinha, Agnaldo Figueredo Andrade; Santanópolis, Juarez Almeida Tavares;
111.São Félix, Alex Sandro Aleluia de Brito;
112.São Gabriel, José Carlos Gomes Ferreira;
113.São José da Vitória, Jeova Nunes de Souza;
114.São José do Jacuípe, Antonio Roquildes Vilas Boas Almeida;
115.São Sebastião do Passé, Tania Maria Portugal da Silva;
116.Sapeaçu, George Vieira Gois;
117.Saubara, Antônio Raimundo de Araújo; Senhor do Bonfim, Paulo Batista Machado;
118.Sento Sé, Ednaldo dos Santos Barros; Serra do Ramalho, Carlos Caraibas de Souza;
119.Serrinha, Osni Cardoso de Araújo;
120.Sítio do Mato, Danilson dos Santos Silva;
121.Sítio do Quinto, Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa;
122.Souto Soares, Amarildo Neves de Souza; Taperoá, Antonio Fernando Brito Pinto; Teixeira de Freitas, Apparecido Rodrigues Staut;
123.Teodoro Sampaio, Antonio Valente Barbosa;
124.Teolândia, Antonio Santana Junior;
125.Terra Nova, Francisco Helio de Souza;
126.Tucano, José Rubens de Santana Arruda;
127.Uauá, Jorge Luiz Lobo Rosa;
128.Uibaí, Pedro Rocha Filho;
129.Una, Dejair Birschner; Urandi, José Cardoso de Oliveira;
130.Valença, Ramiro José Campelo de Queiroz;
131.Valente, Lucivaldo Araújo Silva e Agnaldo de Oliveira Silva;
132.Vera Cruz, Antonio Magno de Souza Filho; Wanderley, Bionô Roque das Chagas;
133.Wenceslau Guimarães, Susete Nascimento da Silva; Xique-Xique, Reinaldo Teixeira Braga Filho
Tribuna da Bahia
Genaldo é acusado de mandar matar a companheira

O vice-prefeito da cidade alagoana de Canapi, Genaldo Soares Vieira, está sendo acusado de mandar matar a companheira Josielma Alves da Silva, em Paulo Afonso, no Vale do São-Franciscano da Bahia, em abril de 2015. Genaldo é considerado foragido e teve mandado de prisão decretado pela Justiça.

Josielma foi atingida com vários tiros, no bairro Prainha, morrendo dez dias após o crime. Segundo informações da Polícia Civil, o crime teria sido motivado por ciúmes.

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), de Paulo Afonso, cumpriu na quinta-feira (23), em Canapi, um mandado de busca e apreensão na casa do vice-prefeito e encontrou uma espingarda calibre 12 e munições de diferentes calibres.

O pistoleiro contratado para matar Josielma, Mário César Camilo da Silva, foi preso na quarta-feira (23) em Canapi. A delegada Lígia Nunes de Sá, titular da DEAM/Paulo Afonso, que coordena a operação, disse que o pistoleiro contratou outras duas pessoas para assassinar a vítima, Fabiano Silva Santos e um adolescente, presos no mesmo dia do crime.

A operação que resultou na prisão de Mário César e na apreensão das armas na casa do vice-prefeito, batizada de “Desdêmona”, contou com o apoio de equipes da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Paulo Afonso) e das Delegacias Territoriais (DTs) de Paulo Afonso e Glória.


O pistoleiro contratado para executar o crime já está preso

Josielma Alves da Silva foi morta dentro de um salão de beleza em Paulo Afonso
Cleriston Silva
Um crime, no interior do Colégio Modelo de Itamaraju, na noite de sexta-feira (24), chocou a população da cidade. O professor universitário Ivonaldo Batista, de 48 anos, foi morto com cerca de 10 tiros.

Segundo a polícia, ele tinha ido ao colégio estadual se matricular em um curso de pós-graduação da Uneb. Ainda de acordo com a informação, ao retornar ao portão da instituição de ensino para pegar um documento com um motoboy, Ivonaldo foi surpreendido por dois bandidos.

Os marginais, que estavam de bicicleta, se aproximaram da portaria e dispararam várias vezes contra Ivonaldo, que morreu no local. O motoboy e dois alunos presenciaram o assassinato.

Além de professor, Ivonaldo também era radialista da emissora Extremo Sul AM e servidor público concursado da Câmara Municipal de Itamaraju. A polícia investiga o homicídio e se ele tem alguma relação com as atividades profissionais exercidas pela vítima
Radar64
.
Seis pessoas que tinham posições importantes na facção criminosa MPA foram mortas no começo da manhã deste domingo (25), em uma operação policial em um sítio na localidade de Rio do Sul, na zona rural de Santa Cruz Cabrália. A polícia, que foi ao local cumprir mandados de prisão expedidos pela justiça de Porto Seguro, apreendeu com a quadrilha diversas armas, dentre elas um fuzil AK-47, além de drogas e vasta munição.


Durante o confronto morreram Tiago Santos de Jesus, 22 anos, o 'Pitbull', Jonatan Júnior Lima Santos, 24, Darlan Dias dos Santos, o 'Avalanche', de 27, Jonielisson Monteiro Alcântara, 25, mais conhecido como 'Beiruca' e os adolescentes Franciel Freitas Santos e Agno Moraes Santos, de 17 anos.

Tiago 'Pitbull', segundo a polícia, era irmão do traficante André Márcio de Jesus, o 'Buiu. Ele teria assumido o comando da facção após a prisão do irmão, ano passado.

Além do fuzil, foram apreendidas três pistolas, uma espingarda cartucheira, vasta munição de calibre variado, cinco carregadores, entre eles dois de fuzil AK-47, dois carregadores balísticos, um arpão de mergulho, roupas camufladas, algemas plásticas, lanternas, 900 comprimidos de ectase, 68 pontos de LSD e cerca de R$ 500 em espécie.

Segundo a polícia, o grupo, que vinha sendo investigado há mais de um ano, era acusado de homicídios, porte ilegal de arma de fogo, tráfico e extorsão seguida de sequestro em Porto Seguro. Ainda de acordo com a informação, eles estavam invadindo propriedades rurais em Rio do Sul e expulsando os moradores.

A operação foi comandada pelo Centro de Operações Especiais da Polícia Civil [COE], que veio de Salvador cumprir os mandados em Porto Seguro e contou com apoio da Cipe-Mata Atlântica. Por conta das mortes, membros da facção estão impondo toque de recolher em bairros do Complexo Baianão.
Dois homens armados com revólveres invadiram, por volta das 13h da última segunda-feira (20), a Câmara de Vereadores do município de Soledade, que fica no Agreste paraibano. Os bandidos mandaram vereadores e funcionários se ajoelharem, informaram que estavam procurando pelo tesoureiro da Câmara para tentar levar o dinheiro do local, mas não o encontraram e fugiram.

De acordo com informações do cabo Palmeira, da Companhia da Polícia Militar em Soledade, os bandidos chegaram ao local de ‘cara limpa’ mandando todos se ajoelharem. “Não chegamos a ser acionados por alguém da Câmara, mas populares que estavam no local informaram que os bandidos queriam encontrar o tesoureiro para levar todo o dinheiro. Como o tesoureiro não estava lá, os bandidos mandaram todos se deitar e fugiram logo em seguida. Temos policiais em diligências para tentar encontrar os bandidos”, disse o policial.

Em contato com a Delegacia de Polícia Civil, o Portal Correio foi informado pelo delegado Fernando Zoccola que o caso está sob investigação. "Estamos começando a investigar. A Câmara estava fechada quando fomos até o local e ninguém compareceu à delegacia ainda”, disse o delegado. Até as 15h30 desta segunda (20), a polícia ainda não tinha identificado os bandidos.